Vulvovaginites e dip

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2106 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Vulvovaginites
Sintomas de maior procura ao ginecologista. A primeira coisa que devemos entender é que a mulher tem o conteúdo vaginal e sempre tem resquício de alguma coisa que é produzido Lá dentro que são as mortes celulares.Esse conteúdo é rico em produtos que devem ser jogados para fora, tem o muco cervical as glândulas de skinin e de barlolin que produz a lubrificação tanto da vulva comoda vagina todos esse fatores devem ser expelidos pra fora. Então a mulher sempre vai ter a vagina úmida com leucorréia que é um corrimento branco fisiológico. Temos que lembrar também que a vagina tem de décima quinta a décima sétima potencia de mililitros de colônias de microorganismo ou seja do ponto de vista microbiológico ela é contaminada. Existe um microorganismo na vagina que deixa elana homeostase normal chamado de lactobacilo ou bacilo de boderline ele é fundamental no sentido do equilíbrio, 90% das mulheres tem esse bacilo predominante, essa leucorréia é devido a presença desse bacilo. Ele tem sua importância devido a produção de acido lático pelo glicogênio e esse acido lático vai manter o equilíbrio do ph da vagina em torno de 4,0 a 4,5 daí sabemos que a maioria dasbactérias vivem em ph alcalino que mantém esses saprófitas (Strep, Staph,Gardenerela varginalis, Candida) essas bactérias vivem na vagina e o bacilo não deixa elas procriarem, ele mantém o ph, além disso ele produz água oxigenada e os anaeróbios ele não vivem quando tem oxigênio. Além dos lactobacilos o aparelho genital inferior da mulher que tem a vulva e a vagina ele tem um mecanismo anatômico deproteção que são os pequenos lábios onde um encosta no outro fechando o túnel vaginal, daí quem teve parto normal, cultura de períneo, desabamento da bexiga faz com que ocorra alteração no mecanismo de proteção facilitando as infecções, outro fator protetor também importante são os pelos vulvar, é importante usar roupas adequadas. O Jeans e a calcinha de lycra não deixam o exsudato sair e evitar o uso dedesodorantes e sabonete íntimo porque eles vão favorecer o crescimento de microorganismo e infecção pela alcalinização da vagina. O ‘OB’ dentro da vagina vai piorar o ph da vagina porque o sangue é alcalino, alem disso não deixa o oxigênio entrar favorecendo assim a ocorrência de sepse.
Os principais agentes em ordem de freqüência da vulvovaginites são a Gardnerella Vaginalis chamada de vaginosebacteriana a segunda é a Candida a terceira a Tricomonas Vaginalis.
Lembrar que a sexulamente transmissível é a Tricomonas .
Na clínica é importante observar a viscosidade, quantidade, odor e cor.
As queixas são importantes, os processos inflamatórios daí você exclui para ver se é fisiológico ou não pelas queixas, se ela não apresentar coseira, disúria, prurido, dificuldade para urinar odor aourinar, dipaurenia e uma secreção esbranquisado de viscosidade mais pra muco com quantidade muito grande, porém sem odor, você examina o epitélio e ele vai apresentar normal não tem processo inflamatório, ou seja, é fisiológico. Se dor ou outras alterações pode ser infeccioso.
Multípara aumenta a chance de ter infecção porque desaba e altera a anatomia da genitália, ela passa a ter incontinênciaurinaria, períneo abre muito.
O sabonete íntimo ou desodorante mata o bacilo bodeline onde vai facilitar a infecção, os hormônios também podem alterar, porque quem produz e mantém o glicogênio é o esteróide chamado estrogênio a medida que a mulher tem alterações principalmente durante a gravidez a progesterona é muito maior, daí tem baixa de estrogênio facilitando a predisposição a infecçãoprincipalmente pela cândida . O sangue menstrual é o esperma também não ajuda porque eles são muito alcalino e quando a paciente menstrua alcaliniza muito a vagina e o bodeline não consegue manter o ph acido podendo aparecer infecção no próprio ato sexual. Quando a paciente e diabética tem predisposição ao aparecimento da cândida juntando a uremia, neoplasia principalmente no colón uterino...
tracking img