Vsita domiciliar - saude

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5551 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Visita domiciliar: um instrumento de intervenção
Home visit: an intervention tool Carla Pacheco Teixeira 1

Resumo: O artigo apresenta uma análise acerca da visita domiciliar enquanto instrumento de intervenção de diversas categoriais profissionais, destacando-se sua importância na saúde pública. Este trabalho realiza uma contextualização história dos primórdios dessa prática, além de levantaros aspectos metodológicos que envolvem sua utilização enquanto instrumento de trabalho na atenção básica. Palavras-chave: Visita domiciliar; atenção básica; instrumento de intervenção.

Introdução O processo de reestruturação do setor saúde enfatiza as atividades preventivas e valoriza a Atenção Básica como proposta de reorientação do modelo assistencial, o que demanda mudanças para oenfrentamento da situação de saúde atual. Nesse sentido faz-se necessário o desenvolvimento de mecanismos que possibilitem a concretização dos princípios de universalidade, de integralidade da atenção, de qualidade dos serviços e de garantia de acesso. O objetivo deste trabalho é realizar uma sistematização sobre a prática da Visita Domiciliar enquanto metodologia de trabalho utilizada na Atenção Básica daSaúde. Este estudo implicou pesquisa bibliográfica e documental relacionadas à concepção e prática desta metodologia. Além disso, nossa experiência como Assistentes Sociais / Sanitaristas no Programa Saúde da Família e no Programa de Agentes Comunitários de Saúde muito contribuiu para sua elaboração. Com base nas informações colhidas, procuramos suscitar discussões no que concerne à VisitaDomiciliar na qualidade de instrumento de trabalho de algumas categorias profissionais. Apresentamos também o desenvolvimento desta prática nas ações da Atenção Básica e os aspectos metodológicos envolvidos, bem como as vantagens e desvantagens desta intervenção. Atenção básica e reorganização do setor saúde A Constituição Brasileira de 1988, ao apontar para uma ação reativa ao centralismo e aoautoritarismo do sistema político anterior, incorpora as principais diretrizes da VIII Conferência de Saúde,
1

Docente na Universidade Estácio de Sá e Castelo Branco. Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro.E-mail: carla.pteixeira@uol.com.br .

Visita domiciliar:

instituindo o Sistema Único de Saúde (SUS), cuja regulamentação tem início nos anos de 1990, após a criação da Lei Orgânica deSaúde - Lei 8.080 e Lei 8.142 de 1990 (BRASIL, 1990a, 1990b). Desde então, o Estado passa a assumir a saúde como direito de cidadania, razão pela qual garante a todos os cidadãos a universalização do direito à saúde e o atendimento integral, atribuindo prioridade às atividades preventivas – sem prejuízo dos serviços assistenciais –, dando ênfase tanto à descentralização com comando único em cadaesfera do governo como à participação da comunidade no tocante à decisão e ao controle da política do setor. Para viabilizar a implementação do sistema, normas e portarias foram emitidas pelo Ministério da Saúde – as Normas Operacionais Básicas (NOBs) e as Normas Operacionais da Assistência à Saúde (NOAS) (BRASIL, 2002b). Mais especificamente, na busca de autonomia dos municípios e estados para agestão descentralizada, surge em 1996 a NOB 01/96 descrevendo as formas de repasses financeiros, a previsão de incentivos para a mudança no modelo de atenção à saúde por meio do Piso da Atenção Básica (PAB) e a definição dos papéis municipal, estadual e federal no âmbito do SUS (BRASIL, 1997). Nesse processo, a Atenção Básica é valorizada como proposta de reorientação do modelo assistencial etorna-se eixo estruturante da rede de atenção à saúde. Atualmente o instrumento normalizador e norteador das ações de Atenção Básica inscreve-se no Pacto pela Saúde através da Política Nacional de Atenção Básica (BRASIL, 2007). Atenção Básica deve se constituir como porta de entrada preferencial do Sistema Único de Saúde (SUS), sendo o ponto de partida para a estruturação dos sistemas locais de...
tracking img