Volver

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1279 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DIVINOPOLIS
CURSO DE PSICOLOGIA












TEXTO INTERDISCIPLINAR SOBRE O FILME
“VOLVER”














8° PERÍODO – 2° SEMESTRE 2011













DIVINOPOLIS
NOVEMBRO, 2011
A psicologia é uma ciência recente que possui por si mesma um conjunto de abordagens e conhecimentos, o que faz com quevarias teorias sejam usadas como prisma para observação de um mesmo tema na busca por respostas e para a compreensão do mesmo. Através do filme “volver” que aborda questões como incesto, morte, relações familiares, analisaremos aspectos observados e as condutas dos personagens. O autor Almodóvar explora os sentimentos a cada cena, e transmite uma mensagem sobre a importância de se acertar as contascom o passado, pois todas as personagens carregam algum segredo consigo que as impede de seguir com plenitude suas vidas, e a busca em resolvê-los, é o que perpassa ao longo do filme.
O modelo Sistêmico implica no sujeito tomar posicionamento como parte do sistema, que por estar o tempo todo em relação, como efeito, será envolvido por constantes mudanças, cabendo a cada um tomar ciência desua co-responsabilidade por tudo que ocorre. Seguindo essa linha de pensamento o filme retrata um cenário familiar com essa realidade, e pode ser percebido na cena em que Augustina mesmo sabendo que sua mãe foi morta por Irene ainda sim aceitava seus cuidados; como ela mesma diz, “roupa suja lava-se em casa”, ou seja, perdoou e foi perdoada.
Vale também ressaltar a questão do incestopraticado dentro do núcleo familiar e a negação deste conflito através do silêncio, ao ponto deste ter sido repetido por duas gerações e encoberto pela solidariedade familiar. Essa força de auto-preservação, através da manutenção de valores que apóiam e defendem a comunidade, a despeito de suas falhas morais, predominou sobre os fantasmas do passado e da morte. Um exemplo disso foi o incesto que não foilevado a público, tudo se resolveu dentro do núcleo familiar. Tornar público lhe daria maiores dimensões, em virtude do peso que a sociedade lhe daria, e o silêncio foi uma forma legítima para negá-lo.
Considerando o filme sobre a visão cognitivo comportamental entende-se que ao fazer uma análise dos sentimentos das personagens percebe-se que existe certa aridez devido às tragédias quetodas carregavam em suas vidas. Sentimentos estes que não devem ser tomados de forma dicotômica ao comportamento, porque, ambos são a mesma coisa. Isto é, tanto comportamento quanto sentimentos, são produtos das contingências de reforçamento. Todavia, a nomeação dos sentimentos como são encontrados na cultura daquela pequena vila onde moravam, era algo desenvolvido a partir de convenções de linguagemcriadas ao longo do tempo e utilizado pela comunidade verbal como forma de tentar simplificar algo que estava sendo sentido. Uma das crenças primária daquela família era de que os mortos voltavam a ter contato. Essa crença foi aos poucos se reestruturando através da volta de Irene que a tinham como morta, e foi dando lugar à outra maneira de pensar e sentir daquela família. Outro ponto relevantee que dependendo do comportamento dos pais, (Irene e Raimunda) e de como cada um deles resolveu seus problemas, por sua vez, os resolveu em sí próprio.
Outro ponto a ser comentado é o mecanismo de defesa encontrado por Raimunda, quando se viu grávida do pai e anos mais tarde, ao se deparar com a cena do marido morto, foi de total controle afetivo, ela organiza suas emoções de forma a não sesentir culpada. Quando Raimunda finalmente consegue enterrar seu marido, simbolicamente, enterra toda a sua história de vida, pois nenhuma lágrima é derramada e a sensação que passa é a de dever cumprido. No desenrolar do filme o autor vai tratar de forma especial da possibilidade de recuperar emoções, o movimento da vida. No restaurante, Raimunda encontra-se num ambiente diferente, ligado a...
tracking img