Vitiligo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1129 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

O vitiligo foi descrito há mais de 3500 anos, primeiramente, no Egito (no Papiro de Ebers), na Índia (no livro sagrado Atharv Veda) e na Bíblia, no antigo Testamento, era chamada de “Zara’at”. Quanto à etiologia, o vitiligo ainda é uma doença de causa desconhecida. Não se pode afirmar que tenha origem na predisposição genética, uma vez que esta só é observada em apenas 30% doscasos (SANT’ANNA et al, 2003). Existem, porém, algumas hipóteses etiológicas que afirmam que o vitiligo seja uma resposta autoimune ou associado a fatores neurogênicos. É uma dermatose que se caracteriza por manchas acrômicas, geralmente bilaterais e simétricas, que acomete o maior órgão do corpo humano – a pele (SILVA; MULLER, 2007).

Como patologia autoimune, o próprio corpo gera umareação que faz com que haja destruição dos melanócitos, causando assim, extinção da pigmentação natural da pele. Os melanócitos podem ser destruídos pela ação dos radicais livres ou de componentes tóxicos do ambiente externo. A existência de uma reserva de melanócitos nos folículos pilosos, constituindo a área não afetada pelo vitiligo, é um fator que deve ser considerado no processo de repigmentaçãonatural da pele (FONSECA; PRISTA, 2000; ELDER; LEVER, 2001; STEINER et al, 2004).

O vitiligo acomete cerca de 0,5 a 4% da população mundial, sendo que 50% dos casos se iniciam antes dos 20 anos e 25% antes dos 10 anos. Seu aparecimento pode ser precoce, com alguns relatos de casos com início nos primeiros seis meses de idade (SILVA et al, 2006).

Muitas teorias tentam explicar a doença epor isso, várias são as propostas de tratamento que vão do uso de esteróides, fotoquimioterapia, terapia tópica, micropigmentação e enxertos cirúrgicos. A terapia integral deve envolver o tratamento clínico e psicoterápico que contribuirão eficazmente no processo de repigmentação da pele. Sendo que a psicoterapia consiste num tratamento de distúrbio psicológico ou emocional mediante oestabelecimento de uma relação entre profissional treinado e um ou mais pacientes, ajudando-os a tomarem condutas frente às situações de estresse, para melhoria da qualidade de vida e até da própria pele (KANTORSKI et al, 2005; SILVA; MULLER, 2007).

O quadro clínico do vitiligo é bastante característico, com o surgimento de manchas brancas (cor de leite) em qualquer área corporal, especialmente face,pescoço, genitália, cotovelos, mãos, joelhos e pés.


Alguns pacientes podem apresentar manchas mais claras que a pele normal, mas que não são brancas. Isso ocorre pela sobrevivência de alguns melanócitos no local.


O vitiligo pode ser dividido em dois grupos e a partir daí em 7 tipos de vitiligo:


1) Vitiligo localizado – são 3 tipos de vitiligo (segmentar, focal e mucosas). Uma ou poucasmanchas em até 3 regiões corporais, com evolução rápida seguida de estabilização, ou seja, a mancha aparece e cresce rapidamente (semanas ou poucos meses) para em seguida manter seu tamanho e não há surgimento de novas lesões.


2) Vitiligo generalizado – é a forma mais comum. São 4 tipos (vulgar, misto, universal e acrofacial). As manchas são simétricas, acometendo os mesmos locais de ambos oslados do corpo. Pode evoluir rápida ou lentamente, ou estabilizar.


A partir da definição do tipo de vitiligo fica mais fácil determinar a possível evolução do paciente e também os tratamentos com maior chance de sucesso.


Vulgar – tipo mais comum – manchas simétricas em diversas áreas do corpo.
Misto – mistura de 2 tipos de vitiligo – geralmente vulgar e segmentar.
Universal –apresentação bem rara. Mais de 70% do corpo fica branco.
Acrofacial – acomete face e/ou mãos e/ou pés.
Segmentar – vitiligo em faixa e unilateral.
Focal – manchas em 2 ou 3 áreas do corpo.
Mucosas – somente lábios ou região genital.


No vitiligo pode ocorrer o que chamamos fenômeno de Köebner ou isomorfismo, que é o surgimento de novas manchas após um trauma físico como corte, arranhão,...
tracking img