Vitamina c

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2331 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
|
-------------------------------------------------
CENTRO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE BRASÍLIA
-------------------------------------------------
INSTITUTO DE EDUCAÇÃO SUPERIOR DE BRASÍLIA
Curso de Estética e Cosmética
Disciplina: Projeto Integrador I
Professora: Aline Zulte

Projeto Integrador I

* Alunas:Eliane Aparecida
Fancielle Cândida
Idinea Ribeiro Neves
Liliane Lopes Ferreira
Vanise Magalhães

Brasília
2012

O Uso da Vitamina C na Prevenção do Envelhecimento

Pré-projeto apresentado na Disciplina Projeto Integrador I como requisito básico para aprovação da disciplina.

Orientadora: Profª Aline Zulte

Brasília-DF2012

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO 04

2. METODOLOGIA DA PESQUISA 05

3. REVISÃO DA LITERATURA 06

4. CONSIDERAÇÕES FINAIS 12

5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 15



1. INTRODUÇÃO

O fenômeno do envelhecimento está ligado intimamente à dificuldade de definir a idade biológica, por isso justifica-se a inexistência de uma definição de envelhecimento que atenda aos múltiplosfatores que o compõem. Respeitando essas limitações e diante de uma visão prioritamente biogerontológica , o envelhecimento é conceituado como um processo dinâmico e progressivo, no qual há modificações morfológicas, funcionais, bioquímicas e psicológicas que determinam perda da capacidade de adaptação do individuo ao meio ambiente, ocasionando maior vulnerabilidade e maior incidência deprocessos patológicos que terminam por levá-lo a morte. (SABATOVICH, KEDE, 2009).
O trabalho teve como objetivo verificar as características da vitamina C, considerando suas diversas funções e possibilidades de uso, buscando tratamentos estéticos, visando tratar e retardar o envelhecimento cutâneo.



2. METODOLOGIA DA PESQUISA

* Revisão Bibliográfica;
* Foram utilizados livros,artigos de periódicos relacionados ao tema.


3. REVISÃO DA LITERATURA

3.1. Definição de Envelhecimento

O envelhecimento pode ser definido como um complexo e multifatorial processo influenciado pela genética, fatores ambientais e comportamentais. Envolve um conjunto de alterações morfológicas, fisiológicas e bioquímicas inevitáveis que ocorrem progressivamente no organismo ao longoda vida. Essas alterações levam à perda gradativa das funções dos vários órgãos que formam o organismo humano. Entre eles, a pele, que aumenta a vulnerabilidade ao meio ambiente e diminui a sua capacidade de homeostasia, além das indesejáveis alterações estéticas. (RIBEIRO,2010).
Há vários fatores que interferem no envelhecimento, como os defeitos genéticos, o surgimento de doenças e a expressãode genes do envelhecimento, que favorecem a longevidade ou reduzem a duração da vida (BORELLI, 2004).
Assim, o envelhecimento cutâneo, um fenômeno biológico complexo, consiste em dois componentes principais: um ocasionado por fatores genéticos (cronoenvelhecimento ou envelhecimento intrínseco) e outro gerado por fatores ambientais, principalmente pela exposição solar (fotoenvelhecimento,envelhecimento extrínseco ou envelhecimento actínico) (HARRIS, 2003).
A teoria do envelhecimento causado pelos radicais livres, proposta em 1956, é uma das teorias mais aceitas para explicar a causa do envelhecimento. Os radicais livres também são conhecidos como espécies reativas de oxigênio Sabe-se que o dano induzido a pele pela radiação ultravioleta (UV) é em parte mediado pelosintermediários do oxigênio reativo. Se os antioxidantes podem absorver alguns dos radicais livres resultantes, eles podem ser capazes de diminuir o dano induzido pela radiação UV à pele.
O envelhecimento orgânico precoce é uma constante preocupação do ser humano, uma vez que provoca diversas alterações fisiológicas no organismo. Entre as modificações, podemos citar: a redução da circulação...
tracking img