Visita domiciliar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1296 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
PROJETO DE AÇÃO
VISITA DOMICILIAR.



TEMA: O desenvolvimento da criança em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social.

ORGANIZADORAS: EDIANE MARIA SOUZA GARCIA
LEONARD SILVA CARVALHO

MOCAJUBA-PA
Maio-2010



I- JUSTIFICATIVA
Partindo da idéia de que a Educação Infantil tem como finalidade odesenvolvimento integral da criança até 05 anos de idade, em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade. (LDB/96 artigo 29) na prática, ainda são tímidos os investimentos nesse sentido, especialmente no ensino público, uma responsabilidade dos governos municipais.
Segundo dados entre os quatro e seis anos de idade, 30% das crianças(cerca de três milhões) estão fora da escola. E diante desses fatos, a visita domiciliar foi uma estratégia de irmos até o convívio de algumas crianças que estão com dificuldades na escola ou que se ausentaram sem justificativa. Sabemos das dificuldades de acesso; a limitação dos encontros devido ao horário de trabalho e os afazeres domésticos, que podem impossibilitar ou dificultar a realizaçãodeste trabalho ou um tempo maior para o atendimento, seja pela locomoção ou pela execução da visita; o que não nos impedirá de irmos até a essas crianças e seus responsáveis.
Queremos saber com essa visita o que levou essa criança a deixar a escola, qual o motivo da falta de prazer em estar na escola e qual o motivo de muitos pais não participarem da vida escolar dos filhos.Queremos que nossas crianças e sua família possam se sentir seguras e acolhidas no ambiente escolar, utilizando este novo espaço para ampliar suas relações sociais e afetivas, estabelecendo vínculos com outras crianças e adultos ali presentes, a fim de construir uma imagem positiva sobre si mesma e sobre os outros, respeitando a diversidade e valorizando sua riqueza.E assim sendo, o educador precisatambém ter em mente estes objetivos, a fim de avaliar as atividades que ele planeja e as suas próprias atitudes, observando se elas proporcionam às crianças meios de alcançar estes objetivos. Deve também, atuar de maneira extremamente próxima às crianças e sua família, sendo um mediador para que elas alcancem os objetivos propostos.Deve avaliar o desenvolvimento do grupo onde atua e de cadacriança, em particular, sem, porém, jamais compará-las umas às outras, compreendendo que cada uma delas carrega histórias de vida e ritmos de desenvolvimento próprios.

II-OBJETIVOS
1-Proporcionar ao grupo escolar a oportunidade mediante atuação junto aos alunos e família orientações e conscientização para o combate a evasão, ao abandono da escola, a falta de motivação e a ausência da família naescola.
2-As ações práticas pressupõem obrigatoriamente o contato com a criança , com seus pais e até mesmo com os responsáveis, buscando, num primeiro momento, identificar:
a) os motivos pelos quais ocorreu ou está prestes a ocorrer o abandono da escola;
b) os motivos pelos quais a criança está faltando muito;
c) os motivos pelos quais os alunos não recebem ajuda da família nas atividadesescolares;
d) os motivos pelos quais os pais ou responsáveis não participam de reuniões e eventos na escola;
e) os motivos que levam a criança apresentar alguns aspectos de agressividades



III-METODOLOGIA
A atuação do trabalho será realizada mediante VISITA DOMICILIAR na residência dos alunos, junto com todo grupo escolar e a Coordenação de Área da Educação Infantil.
1 - Atuação junto àcriança
É fundamental, desde o início, que se conquiste a confiança e amizade da criança, de modo a fazê-la sentir-se importante e respeitada em sua condição de pessoa em desenvolvimento.
Estabelecendo uma relação de amizade, o grupo escolar e a Coordenação da escola deverão estimular a criança ou a expressar, por si mesma, os motivos de sua insatisfação ou desinteresse pela escola, para, em...
tracking img