Visita ao zoologico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1079 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
COMISSÃO EXTERNA DESTINADA A ACOMPANHAR AS INVESTIGAÇÕES
SOBRE O ENVENENAMENTO DE ANIMAIS OCORRIDO NA FUNDAÇÃO
ZOOLÓGICO DE SÃO PAULO (ENVENENAMENTO NO ZOOLÓGICO DE SÃO
PAULO)
RELATÓRIO FINAL
Coordenador: Deputado Marcelo Ortiz
Abril de 2005
2
SUMÁRIO
1. Introdução 3
2. Atividades 4
2.1. Visita ao Zoológico de São Paulo 4
2.2. Reuniões ordinárias 4
2.3. Análise dos inquéritospoliciais 7
3. Conclusões 8
3
1. INTRODUÇÃO
A presente Comissão Externa foi criada em 30 de abril de
2004, a partir de requerimento apresentado em 4 de março de 2004 pelo
Deputado Sarney Filho, líder do Partido Verde, em virtude da ocorrência de
inúmeras mortes de animais no Zoológico de São Paulo.
A Comissão teve a seguinte composição:
TITULARES SUPLENTES
PT
Devanir Ribeiro SP (Gab. 537-IV)Roberto Gouveia SP (Gab. 568-III)
PMDB
Ann Pontes PA (Gab. 919-IV)
Edson Duarte PV/BA (Gab. 535-IV)
Bloco PFL, PRONA
Dr. Pinotti SP (Gab. 525-IV)
Sarney Filho PV/MA (Gab. 202-IV)
PP
Ildeu Araujo SP (Gab. 382-III)
Professor Irapuan Teixeira SP (Gab. 513-IV)
PSDB
Antonio Carlos Mendes Thame SP (Gab. 624-IV)
PTB
Arnaldo Faria de Sá SP (Gab. 929-IV)
Bloco PL, PSL
Amauri Gasques SP(Gab. 354-IV)
PPS
Geraldo Thadeu MG (Gab. 248-IV)
PSB
1 vaga
PV
Marcelo Ortiz SP (Gab. 931-IV)
4
2. ATIVIDADES
2.1. Visita ao Zoológico de São Paulo
Inicialmente, este Coordenador e os ilustres Deputados
Arnaldo Faria de Sá e Jovino Cândido, membros desta Comissão, efetuaram visita
ao Zoológico de São Paulo, onde ouviram as explanações do Dr. Paulo
Magalhães Bressan, e do Dr. José LuizCatão Dias, respectivamente Diretor-
Presidente e Diretor Técnico Científico da Fundação Parque Zoológico de São
Paulo, acerca dos fatos relacionados à morte de inúmeros animais desde o dia 24
de janeiro de 2004.
2.2. Reuniões ordinárias
Em Brasília, foram realizadas duas reuniões por esta
Comissão. Na primeira, ocorrida em 4 de maio de 2004, foram aprovados o roteiro
dos trabalhos erequerimentos de audiência pública.
Na segunda reunião, realizada em 19 de maio de 2004,
estiveram presentes o Diretor-Presidente da Fundação Parque Zoológico de São
Paulo, Dr. Paulo Magalhães Bressan, e o Diretor Técnico Científico da mesma
fundação, Dr. José Luiz Catão Dias.
Os expositores iniciaram sua apresentação com alguns fatos
que marcaram o início de sua gestão à frente da FundaçãoParque Zoológico de
São Paulo, em agosto de 2001. Resumidamente, no que é relevante ao objeto
desta Comissão, os diretores revelaram ter encontrado uma situação bastante
caótica em termos de organização daquela instituição. Em relação aos animais,
não havia um cadastro confiável: havia mais animais que os efetivamente
cadastrados e muitos dos animais cadastrados não podiam, de fato, seridentificados no plantel existente. Essa situação favorecia a ocorrência de desvios
e desaparecimento de animais – vários casos foram identificados pela Diretoria e
comunicados às autoridades policiais. Uma das medidas adotadas foi justamente
5
o cadastramento de todos os animais e sua identificação individual, o que reduziu
significativamente o desaparecimento de animais.
Foram apresentados,ainda, alguns dados sobre o número
de animais existentes no Zoológico, no período de 2001 a 2003. Nesse período, o
acervo ficou ao redor de 4.000 animais. O percentual de óbitos em relação ao
acervo foi de 10,52% em 2001, 11,25% em 2002 e 11,27% em 2003.
Os fatos que motivaram a criação desta Comissão
começaram a ocorrer justamente em 24 de janeiro de 2004, com a morte de um
chimpanzé. Outrasmortes se sucederam até 29 de janeiro, quando começaram as
discussões, sobre os óbitos, entre a Diretoria e os técnicos. As possibilidades
então aventadas eram coincidência, infecção ou intoxicação, sendo esta a
hipótese mais forte. A principal suspeita recaía na ração ou insumos, em
decorrência de contaminação por aflatoxinas ou ionóforos. Foram tomadas as
seguintes medidas: suspensão do...
tracking img