Visão política de bobbio

A visão de poder político para Bobbio depende de uma análise sobre o uso da força. Existem várias formas de poder, como o poder econômico e ideológico. Porém a supremacia é do poder da força, poiscom ela é possível combater tanto o poder econômico quanto o ideológico. O poder político começa a existir a partir do momento em que a sociedade renuncia a força de "cada um por si" para estabelecer "oEstado por todos". A possibilidade de usar a força monopolizada é o que caracteriza o poder político. A força, por si só, exercida em uma facção criminosa, por exemplo, está submetida a lei. Já acoação física exercida pelo Estado é uma possibilidade lícita. Só existe poder político se existir recurso à força monopolizada, perca essa força e perderá o poder político.

Deter forçamonopolizada trás por consequência a exclusividade ( não permitir formação de grupos independentes que possuem força armada ou física), a universalidade ( decidir de forma restrita por resoluções referentes auma coletividade), e a inclusividade (manipular interesses tedenciosos através da ordem jurídica). O Estado também impõe limites para si mesmo, a forma dependerá de sua ideologia, o Estado teocrático,por exemplo, considerará as morais religiosas para suas resoluções.

O carácter social do Estado será medido através de seus fins. Os fins da política modificam-se devido as circurstâncias.Estabelecer um fim permanente e que seja atribuída toda a sociedade não é possível. Logo, são atribuídos fins à determinados grupos sociais, por exemplo, a classe dominante no capitalismo. Devido essatendenciosidade e variedade de fins, não é possível definir um poder político através de seus objetivos. Os meios se tornam mais importantes que os fins., sendo o meio adotado para certo objetivo: a força.O mais forte é o mais poderoso. O Estado possui apenas um fim permanente: manter a ordem social; acima ainda dos princípios constitucionais, e claro, contando com a força coativa. Manter a ordem...