Virus

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (319 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
BANCO DE QUESTÕES

1) Leia o texto de Gil Vicente.
DIABO — Essa dama, é ela vossa??
FRADE — Por minha a tenho eu?e sempre a tive de meu.
DIABO — Fizeste bem, que é fermosa! E nãovos punham lá grosa nesse convento santo?
FRADE — E eles fazem outro tanto!
DIABO — Que cousa tão preciosa!
No trecho da peça de Gil Vicente, fica evidente uma?
(A) visão bastantecrítica dos hábitos da sociedade da época. Está clara a censura à hipocrisia do religioso, que se aparta daquilo que prega.
(B) concepção de sociedade decadente, mas que ainda guarda algunsvalores essenciais, como é o caso da relação entre o frade e o catolicismo.?
(C) postura de repúdio à imoralidade da mulher que se põe a tentar o frade, que a ridiculariza em função de suafé católica inabalável.?
(D) visão moralista da sociedade. Para ele, os valores deveriam ser resgatados e a presença do frade é um indicativo de apego à fé cristã.?
(E) crítica ao fradereligioso que optou em vida por ter uma mulher, contrariando a fé cristã, o que, como ele afirma, não acontecia com os outros frades do convento.
2) Gil Vicente escreveu o "Auto da Barcado Inferno" em 1517, no momento em que eclodia na Alemanha a Reforma Protestante, com a crítica veemente de Lutero ao mau clero dominante na igreja. Nesta obra, há a figura do frade,severamente censurado como um sacerdote negligente. Indique a alternativa cujo conteúdo NÃO se presta a caracterizar, na referida peça, os erros cometidos pelo religioso.
a) Não cumprir osvotos de celibato, mantendo a concubina Florença.
b) Entregar-se a práticas mundanas, como a dança.
c) Praticar esgrima e usar armamentos de guerra, proibidos aos clérigos.
d) Transformara religião em manifestação formal, ao automatizar os ritos litúrgicos.
e) Praticar a avareza como cúmplice do fidalgo, e a exploração da prostituição em parceria com a alcoviteira.
tracking img