Virus e bacteria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4959 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
As doenças são causadas de varias formas ou tipos de bactérias, virus e terceiros. A seguir uma breve pesquisa sobre isso.


Desenvolvimento:

Doenças causa dos Virus
• Raiva
A raiva, é uma doença infecciosa que afeta os mamíferos causada por um vírus que se instala e multiplica primeiro nos nervos periféricos e depois no sistema nervoso central e dali para asglândulas salivares, de onde se multiplica e propaga. Por ocorrer em animais e também afetar o ser humano, é considerada uma zoonose.
A transmissão dá-se do animal infectado para o sadio através do contato da saliva por mordedura, lambida em feridas abertas, mucosas ou arranhões. Outros casos de transmissão registrados são a via inalatória, pela placenta e aleitamento e, entre humanos, pelo transplantede córnea. Infectando animais homeotérmicos, a raiva urbana tem como principal agente o cão, seguido pelo gato; na forma selvagem, esta se dá principalmente por lobos, raposas, coiotes e nos morcegos hematófogos. 80% dos casos registrados são em carnívoros.
Mesmo sendo controlada nos animais domésticos em várias partes do mundo, a raiva demanda atenção em razão dos animais silvestres. Em saúdepública gera grande despesa para seu controle e vigilância, mesmo nos locais onde é considerada erradicada ou sob controle, já que é uma doença fatal em todos os casos que evoluem para a manifestação dos sintomas. Até 2006 apenas 6 casos de cura entre humanos foram registrados, dos quais 5 haviam recebido o tratamento vacinal pré e pós-exposição e somente um, em 2004, parece não haver recebido estescuidados. A este caso único de cura, uma adolescente de Milwaukee, ensejou a uma segunda cura, desta feita num hospital público do Recife, no Brasil.
Sua incidência é global, salvo em algumas áreas específicas em que é considerado erradicado, como a Antártida, Japão, Reino Unido, e outras ilhas. A transmissão se dá pela saliva do animal infectado para o sadio.

Transmissibilidade

Em animaisdomésticos (cão e gato) o período de transmissão tem início de 2 a 3 dias antes do surgimento dos sintomas clínicos, e perdura por toda a evolução da doença - com a morte ocorrendo entre 5 e 7 dias após a manifestação sintomática; já entre animais silvestres não há estudos que apontem esse período com certeza, variando conforme a espécie hospedeira; nos morcegos, contudo, sabe-se que este período ébastante longo e assintomático.

Tratamento

Paciente com raiva em agitação
O paciente humano deve ser mantido em isolamento, num local com baixa luminosidade e incidência de ruídos; não pode receber visitas e apenas se permite a entrada dos envolvidos no tratamento, com uso de equipamento de proteção individual.
Sem tratamento específico, a raiva comporta terapia de suporte: alimentaçãopor soro nasogástrico, hidratação, controle de distúrbios eletrolíticos e ácido-básicos, de febre e vômito; uso de betabloqueadores na hiperatividade simpática, entre outros.
Confere-se imunidade pela aplicação da vacina antes e depois da exposição pois, uma vez manifestado o quadro sintomático, o paciente evolui para o óbito.

Vacina

Pasteur (sentado) com o russo Elias Mechnikov (ao fundo),com crianças curadas da raiva, na década de 1880.
A primeira vacina contra a raiva deve-se ao célebre microbiologista francês Louis Pasteur, que a desenvolveu em 1886.
A vacinação de cães e o tratamento preventivo em humanos são as duas principais formas de controle da raiva.
Diversas formas de vacina foram desenvolvidas e são produzidas, atualmente, algumas delas destinadas a uso exclusivoveterinário; todas dependem de adequada conservação para sua eficácia, bem como a depender da espécie a ser imunizada o período de proteção pode variar - como no caso dos bovinos, que são protegidos por apenas 30-45 dias, bastante ampliado se houver uma aplicação de dose de reforço.
O avanço das pesquisas da biologia molecular e da engenharia genética levaram à criação de vacinas anti-rábicas que...
tracking img