Violencia escolar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3558 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO / REVISÃO DE LITERATURA

A violência nas escolas tem se tornado preocupante em nossa sociedade por isso nos provoca uma análise mais profunda e minuciosa do assunto. Precisamos analisar essa transformação que afeta a realidade de todos nós e as relações com as pessoas ao redor.
Segundo Aquino (1998) a violência tem em caráter duas perspectivas: uma social e uma psicológica. Naescola a maior violência seria entre a relação professor-aluno no dia a dia e com isso desencadeia varias outras formas de violência. Na escola quando o individuo passa a desenvolver um ato o professor só pode tomar poucas decisões. A este respeito ele fica de mãos atadas não consegue tomar atitudes a não ser a transferência desta situação, pois ele dirige a situação normalmente ao superior, ouseja, a diretoria da escola e se os superiores não consegue com sucesso a situação em alguns casos leva ao individuo a transferência para outra escola.
Mas não podemos também somente com um ato já verificar que é violência e nem estar rotulando o individuo e basicamente violento porque aconteceu com um vai acontecer com outros também, temos que ter olhar imparcial para acharmos que aquilo quevimos seria classificá-lo como violência, não podemos avaliar a violência escolar com os mesmos olhos que vemos a violência em família, prisões, nas ruas.
Temos que analisar o contexto aluno-professor, pois muitas vezes analisamos a situação como se o aluno sempre estivesse errado, o professor pode com uma atitude sem perceber desencadear este comportamento em seus alunos.
Mas basicamenteanalisando como está no dicionário uma das definições para a violência seria o constrangimento que uma pessoa exerce sobre a outra então podemos dizer que o professor é um agente violento, pois ele impõe ao aluno as situações, ou seja, ele é um agente transformador.


“Por violência denota-se [...] constrangimento exercido sobre alguma pessoa para obrigá-la a fazer ou a deixar de fazer um atoqualquer; coação. (CALDAS Aulete 1964, pp.4231-4232).”

A educação tem uma tradição, mas não é por isso que tem que ser retrógrada como a autoridade não quer dizer que o professor tem quer ser tirano. Temos que trabalhar com o individuo já sabendo que vamos ter certa resistência. E temos que ter consciência que estamos sendo agentes educadores e que estamos formando indivíduos.

“A questão daautoridade [...] reguladora primordial do trabalho pedagógico e, portanto, como o único antídoto possível contra a violência escolar.(AQUINO Julio 1998,p. 17)”


Conforme Afonso (2010) a escola caracteriza ao mesmo tempo como autora, vitima e laboratórios para aprendizagem da violência costumam relacionar à violência a rapidez das mudanças histórico-sociais ao “mal estar da civilização” acrise da escola à desagregação da família e outros fatores.
Coleman(1963) verificou que na sociedade industrial já se criava alguns próprios valores que os adolescentes na época ajustaram, um exemplo foi de alunos ajustados com a escola com rendimento bom, para os adolescentes em geral eles eram desvalorizados criando o estereótipos de nerd.
No Brasil um artista representou a violência em suaobra “O Ateneu ( POMPEIA,1954) aonde mostrava uma escola com os dominantes e os dominados. Por volta de 1980 começou a observar a violência o governo militar colocou a abertura política que após passaria a ser a nova republica. Mesmo tendo um gradativo aumento com problemas nas periferias urbanas as escolas foram vistas pelo vandalismo dentro e fora delas. Nos anos de 1990 começou um trabalho daUNESCO que abordava a violência infantil tanto nas periferias como na classe media. O ensino fundamental passou a incluir 95,4% da população com idade própria estabelecendo assim escola publica para todos. Mas as disputa de poder já vinha de grupos externos assim com o passar dos anos verificou-se no Brasil a violência e o crime organizado e o aumento do fracasso escolar.
Com o aumento desses...
tracking img