Violencia entre torcidas de futebol

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3973 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O
VIOLÊNCIA ENTRE TORCIDAS
ORGANIZADAS DE FUTEBOL

como do método determinista e/ou não-determinista. Contudo, em que pese a intranqüilidade exposta,caminhar é
preciso e ir a fundo na questão significa atentar para as
particularidades de cada violência e de como cada grupo
faz uso dela ou nela está inserido. Não é tarefa (e nem
abordagem) fácil!
Pois bem, é na tentativa de compreendernosso tempo
social e na perspectiva de romper com visões reduzidas
que são tomados como referência de observação os discursos
de “autoridades” (desportivas, públicas, etc.) e de
torcedores filiados para refutar atitudes e estratégias
explicativas de violência, com ênfase no fortalecimento
dos mecanismos de “segurança”, direcionando ações do
poder público ao “disciplinamento” e à “manutençãoda
ordem social vigente”.
A violência vem ganhando parte significativa na agenda
social, em especial nos veículos de comunicação de massa,
parecendo assumir o epicentro das preocupações do
poder público e do homem contemporâneo. No entanto,
merece ser observada por outros ângulos cada vez menos
policialescos ou midiáticos, para evitar que seja utilizada,
apenas, como cenário de “espetáculo”e “banalização”
humana.
A partir da visão dos “torcedores” (muitas vezes denominados
vândalos2 em trabalhos científicos) e das “autoridades”
envolvidas com o evento esportivo, busca-se
relacionar a violência produzida entre as “torcidas orga-
CARLOS ALBERTO MÁXIMO PIMENTA
Professor de Sociologia na Universidade de Taubaté. Autor do livro Torcidas Organizadas de Futebol:
violência eauto-afirmação, aspectos da construção das novas relações sociais.
presente artigo tem a pretensão de explicitar que
as práticas de violência produzidas pelas torcidas
organizadas inflexionam-se e (re)dimensionam-se
na base dos “jogos de relações” travados no cotidiano da
sociedade brasileira contemporânea.
A reflexão proposta segue caráter essencialmente prospectivo
e indagatório, cuja análisetemática circunscreve-se
em pesquisas empíricas qualitativas/críticas desenvolvidas
junto às torcidas “Gaviões da Fiel”, “Independente” e “Mancha
Verde”, sediadas na cidade de São Paulo, e sobre a violência
implicada no processo de profissionalização da estrutura
administrativa do futebol brasileiro, síntese das
projeções políticas e econômicas de nosso Estado.
O recorte dessa reflexão sefaz necessário, pois pretende-
se buscar uma melhor compreensão de nosso tempo
social, rompendo com visões reduzidas, conservadoras
ou meramente estatísticas sobre o tema violência, bem
como indicar apontamentos às modificações sentidas no
cotidiano dos grandes centros urbanos brasileiros que
(re)ordenam o comportamento dos grupos de jovens, em
face das transformações políticas, econômicas esocioculturais
em curso.
Por outro lado, mesmo com “toda” perspectiva de
(re)visitar posturas mais ampliadas, sabe-se que não é
muito tranqüilo iniciar discussão sobre violência, sob
qualquer ótica.1 Trata-se de um tema ainda bastante penoso
e pesado, do ponto de vista do objeto-sujeito, bem
Resumo: O presente artigo busca compreender o fenômeno da violência entre “torcidas organizadas”, apartir
das justificativas de explicação dos atos de violências utilizadas pelas “autoridades públicas” e torcedores.
Mostra, em síntese, que a violência produzida pelos grupos de torcedores é parte da dimensão cotidiana dos
grandes centros urbanos na sociedade brasileira contemporânea, conseqüência do esvaziamento político-cultural-
coletivo dos novos sujeitos sociais.
Palavras-chave: futebolno Brasil; violência; torcidas organizadas.
123
VIOLÊNCIA ENTRE TORCIDAS ORGANIZADAS DE FUTEBOL
nizadas” com os “jogos” de relações sociais travados no
espaço urbano. Pelos olhos desses envolvidos é que se
encaminhará a fundamentação das questões levantadas.
A observação privilegiará os discursos coletados em
pesquisa de campo ou em dados obtidos na imprensa escrita
e televisiva, dos...
tracking img