Violencia contra a mulher

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2202 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE - UFCG

CENTRO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES - CFP

UNIDADE ACADÊMICA DE CIÊNCIAS DA VIDA - UACV

CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM







ANA PAULA ALVES MARTINS











PROCEDIMENTOS E MEDIDAS DA ENFERMAGEM PERANTE UMA MULHER VIOLENTADA





















CAJAZEIRAS-PB

2011

ANA PAULA ALVESMARTINS













PROCEDIMENTOS E MEDIDAS DA ENFERMAGEM PERANTE UMA MULHER VIOLENTADA









Projeto de pesquisa apresentado ao curso de Enfermagem, da Universidade Federal de Campina Grande Cajazeiras-PB, utilizado com propósito de obtenção de capacitação dos estudantes de Enfermagem do oitavo período e dos profissionais de Enfermagemque atuam na cidade de Cajazeiras.


















ORIENTADOR:

CAJAZEIRAS-PB

2011

SUMÁRIO





1 INTRODUÇÃO 0



2 OBJETIVOS 0

2.1GERAL 0

2.2 ESPECÍFICOS 0

3 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 0

4JUSTIFICATIVA

5 METODOLOGIA

5.1Tipo de pesquisa

5.2 Local da pesquisa

5.3 População e amostra

5.4 Coleta de dados

5.5 Análise de dados

5.6Observâncias éticas



6 CRONOGRAMA DE ATIVIDADES



REFERÊNCIAS






1 INTRODUÇÃO


A violência contra a mulher é um crime, tipificado no nosso ordenamento jurídico2, também é considerado, uma violação aos direitos humanos1, direitos esses arduamente galgados ao longo da história da humanidade.

Essa violência também é reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS)como um problema de saúde pública, pois afeta a integridade física e mental6,também considerado uma das principais causas de morbilidade e mortalidade feminina4. Sendo que uma em cada cinco mulheres já foi agredida e mais de 50% sofrem/sofreram caladas10.

Tendo em vista o que já foi dito, percebe-se que as Unidades de Saúde lidam costumeiramente com mulheres vítimas de violência,contudo sem o necessário treinamento para se conseguir identificar e tratar essas pacientes3. O diagnóstico é, sem sombra de dúvidas, o ponto mais crucial a fim de se poder perceber uma violência apenas por meros sinais, sejam eles na seara psíquica ou na seara corporal.

A mulher violentada necessita de um atendimento diferenciado4. É necessário um bom acolhimento por parte do Profissional desaúde para que o procedimento seja o mais adequado possível13. Muitos profissionais tornam-se impotentes perante essa situação, pois misturam seus objetivos e limitações com os do paciente3, e muitas das vezes, sequer conseguem identificar a possível violência o que dificulta a formação de um diagnóstico e o preciso tratamento dessa paciente.

Tendo em vista a necessidade da prestação de um bomatendimento se faz necessário que os futuros profissionais sejam capacitados a fim de adquiram técnicas atualizadas e voltadas especificamente para esse tipo de procedimento. Também não se pode olvidar que apenas a identificação é insuficiente, se fazendo necessário conhecer outros meios para o tratamento dessas vítimas, afinal elas necessitam mais que meros procedimentos farmacológicos, precisam deassistência psicológica4.

Com base nisso é de fundamental importância que o profissional de Enfermagem seja orientado e aperfeiçoado a cada dia a fim de que suas técnicas de identificação, tratamento e orientação possam se coadunar com a real necessidade dessas mulheres, o que até o presente momento não vem se identificando3.



2 OBJETIVOS

2.1 Geral

Analisar a percepção e osprocedimentos realizados por um Profissional de saúde diante de uma mulher violentada a fim de identificar necessidade de aperfeiçoamento.

2.2 Específicos

Observar a capacidade de percepção dos profissionais de Enfermagem perante sinais de violência;

Identificar as principais dificuldades enfrentadas por esse profissional perante uma mulher violentada;

Verificar se as técnicas realizadas...
tracking img