Violencia contra a mulher

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2150 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ – UVA
CURSO: MATEMÁTICA
MIKAELLE FERNANDES MARQUES
FRANCISCO NETO FROTA MAGALHÃES

A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO ESTADO DO CEARÁ

TIANGUÁ / 2010
MIKAELLE FERNANDES MARQUES
FRANCISCO NETO FROTA MAGALHÃES

A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER NO ESTADO DO CEARÁ


Monografia apresentado à disciplinaDe Metodologia do Trabalho Científico do
Curso de Matemática da Universidade
Estadual Vale do Acaraú (UVA).

Orientador:Professor Expedito Cezario
Martins.

TIANGUÁ / 2010
SUMÁRIO
1- INTRODUÇÃO....................................................................3
1.1- PROBLEMA.....................................................................4
1.2- HIPÓTESES....................................................................4
1.3-OBJETIVOS.....................................................................4
1.3.1- OBJETIVO GERAL..........................................................4
1.3.2- OBJETIVOS ESPECÍFICOS............................................4


2- FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA............................................5
3- METODOLOGIA....................................................................94- CRNOGRAMA......................................................................10
5- CONSIDERAÇÕES FINAIS..................................................11
6- BIBLIOGRAFIA..................................................................12


1- INTRODUÇÃO

Tendo conhecimento sobre a atual situação em que se inserem as mulheres brasileiras, mais especificamente as cearenses, éimprescindível ressaltar a questão da violência, que vem afligindo grande parte deste setor social, ocasionando, em muitos casos, consequências drásticas.
Agredir, matar, estuprar uma mulher ou uma menina são fatos que têm acontecido ao longo da história em praticamente todos os países ditos civilizados e dotados dos mais diferentes regimes econômicos e políticos. A magnitude da agressão, porém,varia. É mais frequente em regiões de uma prevalecente cultura masculina, e menor em culturas que buscam soluções igualitárias para as diferenças de gênero.
No estado do Ceará, tem sido observado um crescimento generalizado nos índices de violência expressa das mais diversas formas. Esta pode ser considerada resultado de uma retrógrada herança cultural, na qual a classe feminina sentia-sesubordinada pela masculina, o que acarretou a constituição de uma sociedade machista e preconceituosa.
É necessário que se saiba a importância do sexo feminino, seja como mãe, como profissional, ou simplesmente como mulher. A mulher cearense é aquela que sonha por um maior reconhecimento, e batalha por isso; mulher que vive, que ama, que é condizente com suas limitações e que busca com todas as suas forçasacabar com esse mal tão amedrontador e traumático, que é a violência.
O presente projeto de pesquisa aborda esse assunto que mesmo estando tão fluente na atualidade, é proveniente de gerações passadas consideradas patriarcais ao extremo. Traz ainda o estado do Ceará como o foco principal, levando-se em consideração as dificuldades encontradas pelo gênero feminino vigente, na luta pela erradicaçãodessa mazela social e pela concretização dos Direitos Humanos.

1.1- PROBLEMA
* Quais as causas da violência contra a mulher no estado do Ceará?
* Por que razão muitas mulheres sofrem caladas?
* Quais as consequências da violência contra a mulher?
* O que pode ser feito para reverter esse quadro?

1.2- HIPÓTESES:
* Subordinação, dependência e medo por parte do sexo...
tracking img