Violência infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 163 (40612 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
OS ÓBICES (IN)VISÍVEIS DO ACOMPANHAMENTO FAMILIAR. UM ESTUDO DA MEDIDA DE PROTEÇÃO PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES VÍTIMAS DA VIOLÊNCIA SEXUAL INTRAFAMILIAR.

Florianópolis (SC), Março de 2005.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO SÓCIO ECONÔMICO DEPARTAMENTO DE SERVIÇO SOCIAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL MESTRADO

OS ÓBICES (IN)VISÍVEIS DO ACOMPANHAMENTO FAMILIAR. UMESTUDO DA MEDIDA DE PROTEÇÃO PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES VÍTIMAS DA VIOLÊNCIA SEXUAL INTRAFAMILIAR.

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina, como requisito para obtenção do título de Mestre em Serviço Social. Orientadora: Professora Schmickler, Drª. Catarina Maria

Florianópolis (SC), Março de 2005.

OS ÓBICES(IN)VISÍVEIS DO ACOMPANHAMENTO FAMILIAR. UM ESTUDO DA MEDIDA DE PROTEÇÃO PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES VÍTIMAS DA VIOLÊNCIA SEXUAL INTRAFAMILIAR.

Essa dissertação f oi examinada e aprovada para a obtenção do título de Mestre em Serviço Social na sua f orma f inal pelo Programa de PósGraduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 16 de março de 2005.__________________________________________ Prof essora Catarina Maria Schmickler, Drª. Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Serviço Social.

Banca Examinadora:

Prof essora CATARINA MARIA SCHMICKLER, Drª. Universidade Federal de Santa Catarina – Orientadora

Prof essora REGINA CELIA TAMASO MIOTO, Drª. Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC

Prof essora ANA MARIA BORGES DE SOUSA, Drª.Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Agradecimentos

Agradeço a todos que acreditaram na realização desse trabalho, em especial:

À prof essora Dra. Catarina Maria Schmickler, pela orientação precisa, segurança transmitida e dedicação.

As prof essoras Dra. Regina Célia Tamaso Mioto e Dra. Ana Maria Borges de Sousa, pela participação e contribuições na qualif icação do projetoda dissertação;

À equipe do Projeto Acorde, colegas de trabalho da “linha de f rente” pela compreensão e incentivo;

À Lílian, amiga de 15 anos compartilhados de f ormação acadêmica, experiência prof issional e conf iança;

À Scarlet, pela amizade de 10 anos, alicerçada no companheirismo, que embora distante, sempre enviava uma palavra de carinho;

Ao Luciano por entender minhasausências, respeitar meu espaço e pelo momento especial que estamos vivendo;

Aos f amiliares queridos pelo total apoio nas horas de angústias e alegrias: Genivaldo, Irene, Fabiana, Renato, Helen, Renata, Adriana, Ricardo, Eduardo, Bruna, Thiago e Fernando.

Resumo

A presente dissertação tem como objeto de estudo o acompanhamento à família de crianças e adolescentes vítimas de violência sexualintrafamiliar, como uma medida de proteção, aplicada por autoridade judicial conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente – Lei 8069/90. Os objetivos desta pesquisa procuraram conhecer o processo de acompanhamento familiar, viabilizado no município de Florianópolis/SC e identificar seus óbices no conjunto da tríade família, sociedade e Estado. A investigação foi realizada no Projeto Acorde,parte integrante do Programa Sentinela na Capital do estado de Santa Catarina. Optou-se por um estudo qualitativo de caráter exploratório. Para a coleta de dados utilizou-se como instrumento de coleta de informações a pesquisa documental realizada nos dossiês das famílias atendidas no projeto no período 2001-2003, os quais são atualizados por assistentes sociais, psicólogos, bem como, porestagiários de Serviço Social, Psicologia e Enfermagem. De um universo de 62 prontuários foi pesquisado um total de dez, os quais constituíram a amostra da investigação. Para a análise e interpretação dos dados foram selecionadas categorias temáticas. Os resultados encontrados foram: a freqüente colocação em dúvida da palavra da criança/adolescente; a retratação da criança/adolescente como uma tentativa...
tracking img