Vinicius de moraes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (809 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1 – INTRODUÇAO

Marcus Vinicius da Cruz Mello de Moraes, nasceu no Rio de Janeiro em 19 de outubro de 1913, em uma família amante das letras e da música talvez p`or isso tenha seguido as duasvocações.
Nos anos 30 formou-se em direito e fez várias músicas em parceria com os irmãos Tapajós.
Seu primeiro livro foi lançado em 1933 "O caminho para a distância". Amigo de vários escritores comoManuel Bandeira, Mário de Andrade e outros, Vinicius publicou vários livros de poemas na década de 30.
Em 1943 foi para o exterior seguindo a carreira de Diplomata, depois de alguns anos percebeu que suaverdadeira identificação não era com o terno e gravata mas, com poemas, sonetos e músicas, trocando assim o mundo erudito pelo popular.
Em 1954 inicia-se como teatrólogo escrevendo a peça "Orfeu daConceição", que mais tarde virou filme "Orfeu do Carnaval".
Sua carreira como músico teve início a partir da década de 50 conhecendo alguns dos seus parceiros como Tom Jobim e Edu Lobo.
Viniciusajudou a fundar o movimento que deu origem à bossa nova e passou a fazer samba com a mesma perfeição que escrevia sonetos.
Fez letras para algumas das músicas mais importantes do movimento como "Garotade Ipanema", "Chega de Saudade" e "Eu sei que vou te mar", todas em parceria com Tom Jobim.
Vinicius compôs músicas de temática afastada da bossa nova, como os afro-sambas "Canto de Ossanha", "Cantode Xangô" em parceria com Baden Poweel.
Apesar do sucesso com a música, Vinicius não abandonou a poesia, tendo inclusive gravado discos em que recita suas obras.
Vinicius de Moraes é caracterizadopor inovações na ordem formal, a mais notável destas seria o aparecimento de sonetos.
Seus poemas trabalham também com a felicidade e ou infelicidade.
Em 9 de Julho de 1980, no Rio de Janeiro, morreVinicius de Moraes, chamado carinhosamente de "poetinha" pelos amigos.

2 – DESENVOLVIMENTO

2.1 – OBRA “O CAMINHO PARA A DISTANCIA”

O caminho para a distância, publicado no Rio de Janeiro...
tracking img