Vigiar e punir

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (337 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Resenha:

O livro trata sobre a evolução das penas dos crimes, fazendo uma análise de como essa evolução ocorreu e o motivo pelo qual ocorreu. E a época em que foi redistribuída, na Europa e nosEstados Unidos, toda a economia do castigo. Época de grandes “escândalos” para a justiça tradicional, época dos inúmeros projetos de reformas; nova teoria da lei e do c rime, nova justificação moralou política do direito de punir, abolição das antigas ordenanças, supressão dos costumes; projeto ou redação de códigos “modernos”. Foucault analisou os processos disciplinares empregados nasprisões, considerando-os exemplos da imposição, às pessoas, e padrões "normais" de conduta estabelecida pelas ciências sociais. A partir desse trabalho, explicitou-se a noção de que as formas depensamento são também relações de poder, que implicam a coerção e imposição. O autor trata em sua obra a necessidade da punição, porém de uma forma correta, de uma forma que as pessoas que estão “assistindo”aquela punição aprendam com ela e não cometam o mesmo crime. A obra contém 291 páginas, divididas em quatro partes e possuindo ao todo em 10 capítulos. Essas partes são divididas de acordo com aevolução do direito penal (Suplício, Punição, Disciplina e Prisão.) e seus capítulos são divididos de acordo com que a evolução de cada fase penal. O autor narra como os crimes eram punidos e como foià evolução do começo da punição até o que conhecemos como punição hoje, que torna interessante esta leitura não é só apenas a possibilidade do conhecimento sobre o homem na modernidade, nem apenasa passagem de um tipo de sociedade para outra. Percebe-se que o que há de tão intrigante são as práticas de sujeição que secretam as relações de poder e de saber. Foucault quer chegar ao sujeito,mas pelo lado de fora, de tal modo que consegue definir o que promove o sujeito e de que maneira se constitui o sujeito. Criando uma dedução dos processos de sujeição a partir dos estratos...
tracking img