Vigiar e punir

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (635 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]


Nome: Luciane M.
Turma: 38-59 - Direito Penal I
Obra: Fouccaut, Michel. Vigiar e Punir



Ficha de Leitura

Michel Fouccaut expõe a evolução da legislação penal e os meios deexecução das penas desde o século XVII em sua obra “Vigiar e Punir”. Ele cita o regime absolutista onde é traçado por um poder que era severo em relação à punição e a sociedade disciplinar que é umamodalidade de poder que perdura até hoje, pois tem preocupação em vigiar e disciplinar. O regime absolutista era regido pelo rei, subordinado a ele. Todo delito que era cometido, era afrontado o poderreal. Era imposto ao réu o suplício, que era um modo de pena corporal mais severa, com atrocidades, dependendo do delito a pessoa era mais ou menos torturada. Com as penas deste modo, a finalidade era depunir os crimes e abrir a mente dos indivíduos para que não cometessem delitos, sabendo o que aconteceriam com eles se caso isso viesse a ser feito.
A sociedade disciplinar é representada pelafigura arquitetural da disciplina por excelência, o Panóptico. O Panóptico é criado para manter em vigilância as pessoas que por algum motivo infringiram as leis ou possuem alguma patologia. Exemplosde instituições que usam a idéia do Panóptico na sua arquitetura e modo de funcionamento: escola, prisão e hospital. Este modelo é eficaz na vigilância, no controle e na correção dos indivíduos. Essavigilância tem poder de controle sobre o indivíduo, pois torna possível a correção dos maus costumes e orienta-os na direção certa. O autor nos passa que são justamente as práticas sociais que temosque determinam a produção de diversos saberes e verdades, destacando o direito penal entre as práticas sociais observando que a sociedade pensa e trata determinada questão conforme a forma de exercíciode poder que a sociedade é direcionada.
Nem sempre o Estado cumpre com as normas, podemos ver o sistema carcerário no Brasil como é precário e repleto de condenados. Michel Foucaut fala da...
tracking img