Vidrarias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2313 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE VILA VELHA - UVV
ENGENHARIA MECÂNICA

ALLAN CANAL
ARTHUR MIRANDA
MARCELA LUPARELLI
ROMÉRITON CORDEIRO
VICTOR TAVARES

Prática n° 02 (25/02/2013):
Avaliar e Calibrar Instrumentos de Medida.

Disciplina: Química Experimental
Professora: Adriana Canal das Virgens

VILA VELHA
MARÇO - 2013
ALLAN CANAL
ARTHUR MIRANDA
MARCELA LUPARELLI
ROMÉRITON CORDEIRO
VICTOR TAVARESAvaliar e Calibrar Instrumentos de Medida.

Relatório do Curso de Graduação em Engenharia Mecânica apresentada a Universidade Vila Velha - UVV, como parte das exigências da Disciplina de Química Experimental sob orientação da Professora Adriana Canal das Virgens.

VILA VELHA
MARÇO- 2013
INTRODUÇÃO

Este experimento tem como objetivo calibrar e analisar a precisão dos aparelhosvolumétricos usados para dar escoamento a variadas quantidades de líquidos ou a quantidades fixas determinadas.
Dentre os aparelhos utilizados, estão pipetas graduadas e volumétricas, buretras, provetas e balões volumétricos.
Alguns dos erros mais comuns, em se tratando de dosagem de líquidos em laboratório se devem a ação de dilatação ou contração, provocadas por variações de temperatura, imperfeiçõesocorridas durante a calibração dos aparelhos volumétricos e erros de paralaxe.
A calibragem se faz necessária para a obtenção de resultados mais verossímeis o possível, dado ao fato de existir diferenças, ainda que mínimas, entre um instrumento e outro, mesmo que sejam de mesmo modelo, tamanho e fabricante.

OBJETIVO

Confrontar a exatidão de diferentes tipos de vidrarias e conferir a variaçãoexperimental durante a realização de medidas com a mesma substância; podendo assim concluir qual das vidrarias foi mais precisa.

MATERIAL
* 1 Proveta de 100 ml – usada para medidas aproximadas de volumes de líquidos.
* 3 Becker de 50 ml, de fabricantes diferentes – usado para aquecimentos de líquidos, reações de precipitação etc.
* 3 Balões volumétricos de 100 ml, de fabricantesdiferentes – usado para preparar e diluir soluções.
* 1 Erlenmeyer de 100 ml – usado para titulações e aquecimento de líquidos.
* 1 Pipeta de 300 ml – usada para lavagens, remoção de precipitados e outros fins.
* 1 Pipetador – usado para aspirar líquidos pela pipeta.
* 1 Balança semi-analítica – usada para medidas de massa das substâncias.
* 1 Termômetro – usado para medidas detemperaturas;
* 1 Bureta de 25 ml – usada para medidas precisas de líquidos e análises volumétricas.
* 1 Pipeta volumétrica de 10 ml – usada para medir volumes fixos de líquidos.
* Água deionizada.

METODOS

Na parte experimental, o grupo comparou a precisão entre proveta, béquer e Erlenmeyer. Primeiramente foi verificado se os equipamentos estavam limpos e secos. Os equipamentosforam pesados e tomados nota do mesmo. Posteriormente foi colocada 50 ml de água deionizada utilizando a marca de aferição dos próprios equipamentos e novamente pesados e tomados nota. Foi determinada a temperatura ambiente colocando o termômetro em um dos recipientes com água deionizada, com isso também foi verificada a densidade na temperatura observada. Com a diferença de peso entre oequipamento vazio e do equipamento com a água, é encontrada a massa de água adicionada. Utilizando os dados de densidade da água estimada e da massa da água determinada, foi calculado o volume real. O volume real foi comparado com o do equipamento.
Em seguida, o grupo comparou a precisão entre a bureta e a pipeta volumétrica de 10 ml. Primeiramente foi notado o peso de um béquer de 25 ml. Depois, com muitocuidado, foi escoada pela bureta de 10 ml água deionizada para o béquer. Novamente foi pesado o béquer com água e conforme o mesmo procedimento do experimento anterior foi calculado o volume. Posteriormente, foi notado o peso de outro béquer de 25 ml. Depois foi escoado pela pipeta volumétrica 10 ml de água para o béquer. Foi pesado o béquer com a água e conforme o mesmo procedimento do...
tracking img