Vidas secas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2517 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO EDUCACIONAL BENDITAS ALMAS
ALUNO:RUBENS DA SILVA SOUSA
PROFESSOR:GERALDO ANDRADE


















VIDAS SECAS
















SÃO LUIS
2008

INSTITUTO EDUCACIONAL BENDITAS ALMAS
ALUNO:RUBENS DA SILVA SOUSA
PROFESSOR:GERALDO ANDRADE


















VIDAS SECAS


Trabalhoapresentado na disciplina
de português como registro
para obtenção de nota












SÃO LUIS
2008

































O conhecimento se constrói com
dedicação e com muitaforça de vontade



SUMÁRIO



APRESENTAÇÃO.............................................................
1-BIOGRAFIA DO AUTOR.............................................................
2-ENREDO........................................................................................
3-PERSONAGEMS..........................................................................
4-CENÁRIO......................................................................................
5-TIPO DE NARRADOR.................................................................
6-CORRE DA OBRA COM NOSSA CONTEMPORANEIDADE.
7-OPINIÃO CRITICA SOBRE A OBRA.......................................



CONCLUSÃO.................................................................................
BIBLIOGRAFIA.............................................................................


















APRESENTAÇÃO


O livro fala de uma historia de uma família que saiu migrando no sertão do pais em busca decondições de vida e tenta da um futuro para sua família .
A família é composta por,pai mãe,os dois filhos um cachorro e um papagaio que morre logo no inicio da historia...





























CONCLUSÃO


Eu conclui que a historia que mostra o lado triste do sertão do pais,e como as pessoas enganam as outrase a desigualdade que existe hoje e muito antes desse livro ser escrito ele só mostro a parte mais superficial do descaso publico e a natureza que castiga o povo nordestino e que trás os tempos bons e os ruins,mas mesmo assim homem é capaz de superar a natureza e o descaso





























Graciliano Ramos nasceu no dia 27 de outubro de 1892, na cidade deQuebrangulo, sertão de Alagoas, filho primogênito dos dezesseis que teriam seus pais, Sebastião Ramos de Oliveira e Maria Amélia Ferro Ramos. Viveu sua infância nas cidades de Viçosa, Palmeira dos Índios (AL) e Buíque (PE), sob o regime das secas e das suas que lhe eram aplicadas por seu pai, o que o fez alimentar, desde cedo, a idéia de que todas as relações humanas são regidas pela violência. Emseu livro autobiográfico "Infância", assim se referia a seus pais: "Um homem sério, de testa larga (...), dentes fortes, queixo rijo, fala tremenda; uma senhora enfezada, agressiva, ranzinza (...), olhos maus que em momentos de cólera se inflamavam com um brilho de loucura".

Em 1894, a família muda-se para Buíque (PE), onde o escritor tem contacto com as primeiras letras.

Em 1904, retornamao Estado de Alagoas, indo morara em Viçosa. Lá, Graciliano cria um jornalzinho dedicado às crianças, o "Dilúculo". Posteriormente, redige o jornal "Echo Viçosense", que tinha entre seus redatores seu mentor intelectual, Mário Venâncio.

Em 1905 vai para Maceió, onde freqüenta, por pouco tempo, o Colégio Quinze de Março, dirigido pelo professor Agnelo Marques Barbosa.

Com o suicídio de...
tracking img