Viciados em games

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1552 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Viciados em video games

A industria de video games é uma das maiore do mundo, superando a indústria bilionária do cinema, por esse motivo tem jogadores de toda parte do mundo,acarretando assim que mais pessoas fiquem viciadas,pensando nisso as autoridades estão buscando formas para os jogadores não deixarem de de ter uma vida social ativa.

Os jogos são melhores que filme por trazer maiorinteratividade ao usúario, além de desafios complexos onde o jogador deve usar de racíocinio lógico para resolver problemas . Os desafios são tão fortes que podem levar ao que os psicólogos chamam de flow (“fluxo em inglês”) ou estado de experiência máxima.

Atualmente 70 por cento dos jogadores tem mais de 18 anos e 40 por cento são mulheres.

O sul- coreano que passou 50 horas quaseinterruptas à frente de um computador , divertindo-se com jogos, morreu de parada cardíaca minutos depois de finalizar um jogo no cyber café.

Alguns acontecimentos chocaram a opinião pública , “como o massacre de columbine e a invasão do cinema em São Paulo por um homem armado”, os jogos eletrônicos foram considerados culpados pelo comportamento dos responsáveis já que ficavam horasjogando.Recentemente naAlemanha, um jovem invadiu uma escola e atirou em 27 pessoas, ferindo-as e e cometeu suicidio em seguida.

O atirador era fã de jogos de simulação de guerra, e muitas autoridades alemãs começarama cogitar a sua proibição.

Muitos especiacista acham que os jogos violentos, fazem as pessoas ficarem mais agressivas. Mais outros especialistas garantem que o jogo não influencia ocomportamento das pessoas, e que o comportamento agressivo são desvios psicológicos.

De acordo com estudo, personalidade de jogadores se parece com síndrome de Asperger. Fanáticos por videogames tendem a ser mais anti-sociais e introvertidos.

Uma pesquisa americana divulgada pela Sociedade Britânica de Psicologia aponta que as pessoas que jogam muito videogame têm características de comportamentosemelhante aos de portadores da síndrome de Asperger, uma forma de autismo.

O estudo avaliou o comportamento de 391 usuários de jogos para computador e videogames. Os pesquisadores compararam o nível de "vício" nos jogos com a personalidade de cada entrevistado.

O resultado é que, quanto mais engajada nos jogos é a pessoa, mais comuns são os traços de personalidade normalmente associados àsíndrome de Asperger.

Segundo os autores da pesquisa, John Charlton, da Universidade de Boston, e Ian Danforth, do Whitman College, os fanáticos por videogames tendem a ser mais anti-sociais e introvertidos, além de correrem mais risco de sofrer de ansiedade, raiva, culpa e depressão clínica.

Um hospital de Londres está oferecendo um tratamento personalizado para os viciados em tecnologia.

Oprograma, que dura cerca de 28 dias, visa atender jovens que passam muitas horas por dia jogando games por computador ou em sites de relacionamento.

De acordo com o criador do tratamento, Richard Graham, quando privados de seus jogos ou sites, estes jovens ficam "cronicamente agitados e irritáveis".

Graham disse à BBC que o tratamento não tem o objetivo afastar completamente o paciente datecnologia.

"Não é realista impor um programa de abstinência (de tecnologia)", afirmou.

O médico afirma que o que o motivou a criar o tratamento foi a preocupação com as características "compulsivas e viciantes" dos jogos, redes sociais e telefones celulares.

"A preocupação (dos pacientes) em acessar sites e responder a mensagens é tão forte que vira prioridade... e pode ter impacto em outrasáreas da vida, prejudicando a habilidade destes jovens de participar de outras atividades", disse.

Por enquanto, o tratamento está disponível apenas para pacientes do sistema privado de saúde no hospital Capio Nightingale, onde Graham trabalha.

Três fases

O tratamento criado por Graham tem três fases. A inicial começa com psicoterapia, que tem o objetivo de tratar os problemas do...
tracking img