Verificação,

Páginas: 6 (1255 palavras) Publicado: 29 de novembro de 2010
UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO
DEPARTAMENTO DE TURISMO E HOTELARIA

Silvia Regina Sousa Santos
Código: TU10237-13

SÃO LUIS,
2010
UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO
DEPARTAMENTO DE TURISMO E HOTELARIA
DISCIPLINA: METODOLOGIA CIENTÍFICA

VERIFICAÇÃO, REFUTAÇÃO ECORROBORAÇÃO
Sílvia Regina Sousa Santos
Código: TU10237-13

Este trabalho tem por finalidade a obtenção da segunda nota na Disciplina Metodologia Científica.

SÃO LUIS,
2010

Sílvia Regina Sousa Santos
Código: TU10237-13

Verificação, Refutação eCorroboração
.

1. Declarações protocolares, leis e teorias.

Ao iniciar uma investigação cientifica, o cientista faz as anotações de suas observações (protocolo). Uma vez ordenada, sua teoria será referida com informações e especificações detalhadas e necessárias para que possa ser examinada por outroscientistas, que irão verificá-la ou refutá-la. Entretanto, em se tratando de fazer ciência, este procedimento não é regra geral, ele se aplica apenas aos fatos descritos. As teorias devem ser submetidas a experiências para serem explicadas (e não serem somente descritas). Se surgirem fatos (a partir das experiências) que contrariam o que foi afirmado de uma teoria, ela é falseada, porém se são a seufavor, ela é corroborada.
Os argumentos não são falseados ou corroborados pelos fatos e sim pelas demonstrações dedutivas dos silogismos, chamados respectivamente de modus ponens – modo de afirmar o antecedente - tenho uma hipótese que prevê um efeito e obtenho o efeito esperado: Se chover então fico em casa.Chove.
Então fico em casa.

e modus tollens- modo que nega - tenho uma hipótese que prevê um efeito, esse efeito não se dá, então nego efeito: Se eu piso em uma casca de banana, eu caio.
Eu não caí.Então, não pisei em uma casca de banana.

As generalizações das hipóteses são chamadas de lei, porém as leis não são verdades eternas e absolutas, com a evolução do universo outras surgem progressivamente, buscando sempre a verossimilhança.

2. Acaso e probabilidade

Emprega-se o termo acaso com três sentidosdiversos:

• Quando algo incomum acontece de forma inesperada. Quanto mais impossível, mais acaso. Ex: Encontrar na Índia, um amigo que você imaginava estar no Brasil;
• Quando algo acontece com certa probabilidade de acontecer realmente, mas que não se pode precisar sua ocorrência. Ex: Jogar uma moeda pra cima e escolher uma das faces.
• Quando algoacontece em detrimento de duas ações completamente adversas. Ex: Um operário deixa cair um balde de tinta do andaime, que atinge a cabeça de um executivo que acabou de sair para comprar uma caneta.

Acaso é improbabilidade na previsão.

Probabilidade – termo usado para eventos incertos, imprecisos. Aestabilização das freqüências em torno de uma hipótese ao longo de um grande número de experimento é a base da teoria moderna da probabilidade. Tal teoria contém vários axiomas.

3. Fatos, teorias e mitos

A observação e a experiência são meios pelos quais os cientistas elaboram teorias, leis e interpretações. Esse conhecimento surge das mentes dos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • verificaçao
  • Verificação
  • Balancete de verificação
  • Verificação de aprendizagem
  • Verificação de Aprendizagem.
  • Verificação de aprendizagem
  • validação e verificação
  • Folha de verificação

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!