Verdade ou mentira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (328 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Verdade ou mentira:Uma questão de conveniência

Nunca o Mito da Caverna, do filósofo Platão, esteve tão atual e dentro do contexto ideológico dualista, vigente na atual sociedade. Enfatizados emobras clássicas como “Matrix” e “Alice no País das Maravilhas”, o medo mostra o conflito entre duas verdades distintas: uma, a verdade aparente, representada pelo mundo das sombras; outra, a verdade-por assim dizer- verdadeira, representada pelo mundo da idéias. Mas afinal, ambas sendo (aparentemente) autênticas, como distinguí-las?

Tudo é uma questão de conveniência. A verdade real causa medo,espanto, pelo fato de representar o novo, o desconhecido. Assim, uma nova versão dos fatos representa uma solução apaziguadora para o problema, quando no fim culmina no princípio de um fim quasesempre trágico, mas aparentemente tido como “o curso natural das coisas”.

Segundo Maquiavel, “os homens são tão simples e tão obedientes às necessidades do momento, que quem engana encontra sempre quemse deixe enganar”. Portanto, a coexistência entre enganados e enganadores é essencial para a sobrevivência da mentira. Seguindo esta linha “maquiavélica” de pensamento, diversos meios de mídia, bemcomo certas ideologias, funcionam como verdadeiros divisores de águas, separando uma minoria com acesso às verdades, dependente de uma massacrante maioria subordinada às mentiras. Não obstante os fatospré-mencionados, o tão almejado mundo das idéias é visto por muitos como uma utopia e comumente causa medo à primeira vista, como no mito da caverna, onde a “luz” causa “dor” aos “olhos” daqueles queaté então vivem na “caverna”. Como conseqüência, temos a estratificação do pensamento ingênuo por gerações inteiras, e a perpetuação de valores ditatoriais de uma época.

Para não se deixarcontaminar pela mentira pandêmica, é preciso saber a diferença entre o enxergar e o ver, o falar e o expressar, o ouvir e o compreender. Afinal, mentir convenientemente é mentir para si mesmo, adiando...
tracking img