Ventilador mecanico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1100 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Ventilador Mecânico
Centro Cirúrgico



Ventilação mecânica

Definição
A ventilação mecânica ou, como seria mais adequado chamarmos, o suporte ventilatório, consiste em um método de suporte para o tratamento de pacientes com insuficiência respiratória aguda ou crônica agudizada.
Objetivos
Tem por objetivos, além da manutenção das trocas gasosas aliviar o trabalho damusculatura respiratória que, em situações agudas de alta demanda metabólica, está elevado; reverter ou evitar a fadiga da musculatura respiratória; diminuir o consumo de oxigênio, dessa forma reduzindo o desconforto respiratório; e permitir a aplicação de terapêuticas específicas.

Classificação

Atualmente, classifica-se o suporte ventilatório em dois grandes grupos:
• Ventilação mecânicainvasiva; e
• Ventilação não invasiva.
Nas duas situações, a ventilação artificial é conseguida com a aplicação de pressão positiva nas vias aéreas. A dife¬rença entre elas fica na forma de liberação de pressão: enquanto na ventilação invasiva utiliza-se uma prótese introduzida na via aérea, isto é, um tubo oro ou nasotra¬queal (menos comum) ou uma cânula de traqueostomia, na ventilação nãoinvasiva, utiliza-se uma máscara como interface entre o paciente e o ventilador artificial.
Além de tudo, a ventilação não invasiva melhora a ventilação alveolar de pressão pulmonar tendo como vantagem o fato de não precisar de uma via aérea artificial.O benefício associado com a utilização da ventilação não invasiva resulta primariamente redução do uso da ventilação pulmonar mecânica comentubação intratraqueal. Os sistemas invasivos como cateteres intravasculares e tubos intratraqueais são fatores de risco para infecção hospitalar. Nos pacientes submetidos à ventilação não invasiva, a invasividade relacionada aos cuidados dos pacientes e menor.
Princípios
A ventilação mecânica basicamente é feita através do uso de pressão positiva nas vias aéreas, ao contrário do que seutilizava no início do seu uso clínico que era a pressão negativa. Desta forma, pode-se dividir a ventilação a pressão positiva em quatro fases:
1. Fase Inspiratória
2. Mudança da fase inspiratória para a fase expiratória
3. Fase expiratória
4. Mudança da fase expiratória para a inspiratória
1. Fase Inspiratória: O ventilador insuflar os pulmões do paciente, e logo depois, ao final da fase, faz-seuma pausa chamada de pausa inspiratória para obter-se uma melhor troca gasosa.
2. Mudança da fase inspiratória para fase expiratória: É chamada de ciclagem, é o momento da troca da fase inspiratória para fase expiratória, isso ocorre no momento da pausa.

3. Fase expiratória: O ventilador esvazia gradativamente os pulmões do paciente, mas nunca esvazia totalmente.

4. Mudança da faseexpiratória para inspiratória: É interrompida a fase expiratória e começa um novo ciclo da inspiratória.

Modos de ventilação mecânica
Como foi dito no item fase inspiratória, a maneira como a fase inspiratória tem início é determinada pelo modo de ventilação escolhido. Existem 4 modos básicos de ventilação:
1. Controlado
2. Assistido
3. Assistido-controlado
4. Mandatório intermitente
1.Controlado: Neste modo o paciente não participa tudo é feito pelo ventilador. O inicio da inspiração é determinada de acordo com a frequência respiratória regulada.
2. Assistido: Neste modo o ventilador determina o inicio da inspiração, usando como critério pressão ou fluxo, mas o ciclo só começa com o esforço do paciente.
3. Assistido-controlado: Neste modo existe um mecanismo duplo,proporcionando maior segurança ao paciente, porque sempre que o paciente não dispara o ciclo assistido o ciclo controlado entra.
4. Mandatório intermitente: Neste modo existe uma combinação de controlada e assistida intercalada com ventilações espontâneas do paciente dentro do próprio aparelho.

Ciclagem do ventilador
A ciclagem do ventilador determina a mudança da fase inspiratória para a...
tracking img