Vendas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4504 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
EXERCÍCIO:

PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

4

OBJETIVOS:

Conhecer a abordagem de alguns expoentes da Gestão Estratégica

MÉTODO:

• Formar equipe; • Ler o material distribuído que contém um resumo da

abordagem de Porter sobre Gestão Estratégica; Qual abordagem estratégica proposta? Quais os principais elementos da estratégica? Observações complementares. dos outros grupos

• Respondaas questões:

abordagem

• Escolher um apresentador.

• A apresentação questionada.

deve

ser

• Tempo de execução 50 minutos.
• Tempo de apresentação 20 minutos. • Informações complementares serão fornecidas pelo

professor.

MATERIAL:

• Resumo da abordagem do expoente sobre Gestão Estratégica.

A ESTRATÉGIA COMPETITIVA DE MICHAEL PORTER
O primeiro esforço de Porter parafornecer as ferramentas analíticas necessárias surgiu sob a forma do livro Estratégia Competitiva. Publicado originalmente em 1980, o livro lançou Porter na órbita dos gurus e garantiu-lhe, como consultor, uma receita da ordem de seis dígitos pelo resto da década. Seus segundo e terceiro livros, Vantagem Competitiva (1985) e A Vantagem Competitiva das Nações (1990), consolidaram sua nobrecondição. Porter tornou-se uma espécie de deus para os responsáveis pelo planejamento estratégico; na década de 80 e início da de 90, seu nome era pronunciado com reverência onde quer que se discutisse estratégia, competitividade e liderança de mercado. Os executivos principais ouviam atentamente todas as suas palavras. Os candidatos a guru lançavam-lhe olhares de inveja. Porter argumentava que os gerentesprecisavam entender três conceitos básicos para realizar a análise necessária à obtenção de respostas válidas para as perguntas estratégicas críticas mencionadas anteriormente. O primeiro conceito essencial tinha a ver com a atratividade relativa de diferentes setores do ponto de vista dos lucros a longo prazo. Segundo Porter, os setores variavam de acordo com cinco "forças competitivas" básicase a compreensão dessas forças era fundamental para se elaborar a estratégia e garantir uma vantagem. Porter argumentava que, embora a melhor estratégia para qualquer dada empresa dependesse de suas circunstâncias específicas, no nível mais amplo uma empresa só pode assumir três posições defensáveis que lhe permitirão lidar com sucesso com as cinco forças competitivas, assegurar um retorno superiorsobre os investimentos para seus acionistas e ter um desempenho superior ao de seus concorrentes no longo prazo. Finalmente, disse Porter, a análise das fontes da vantagem competitiva tinha que ocorrer não no nível da empresa como um todo, mas no nível das atividades distintas que uma empresa realiza para projetar, produzir, comercializar, entregar e oferecer suporte ao seu produto. Em suma, emtodas as empresas haveria uma cadeia de atividade que gerava valor para seus clientes, e somente por meio da cuidadosa análise dessa "cadeia de valor" é que a empresa poderia encontrar fontes de vantagem competitiva sustentável. Analisemos mais detalhadamente esses conceitos essenciais.

Conceito essencial 1: as cinco forças competitivas
O primeiro conceito essencial de Porter identifica cincoforças competitivas que, segundo ele, determinam a intensidade da competição em um dado setor. "A meta da estratégia competitiva para uma unidade de negócios em um setor é encontrar uma posição no setor onde a empresa possa se defender melhor dessas forças competitivas ou influenciá-las a seu favor". As cinco forças competitivas são: Força competitiva 1: ameaça de novos concorrentes A primeiraforça competitiva de Porter trata da facilidade ou dificuldade que um novo concorrente pode sentir ao começar a fazer negócios em um setor. Obviamente, quanto mais difícil for a entrada, menor será a concorrência e maior a probabilidade de lucros a longo prazo. Porter identifica sete barreiras que dificultam a entrada de novos concorrentes no mercado. l. Economias de escala. Em alguns setores, as...
tracking img