Vc tem cultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2039 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Você tem cultura?
Roberto Da Matta*

Outro dia ouvi uma pessoa dizer que “Maria não tinha cultura”. Era ignorante dos fatos básicos da política, da economia, da literatura”.Uma semana depois, no Museu onde trabalho, conversava com alunos sobre “a cultura dos índios Apinayé de Goiás”, que havia estudado de 1962 até 1976 quando publiquei umlivro sobre eles – Um Mundo Dividido. Refletindo sobre os dois usos de uma mesma palavra, decidi que esta era a melhor forma de discutir a idéia ou o conceito de cultura tal como nós, estudantes da sociedade, a concebemos. Ou melhor ainda, apresentar algumas noções sobre cultura e o que ela quer dizer não como uma simples palavra, mas como uma categoria intelectual: um conceito que pode ajudar aentender melhor o que acontece no mundo em nossa volta.
Retomemos os exemplos mencionados porque eles encerram os dois sentidos mais comuns da palavra. Na primeira, usa-se cultura como sinônimo de sofisticação de sabedoria, de educação no sentido estrito do termo. Quer dizer, quando falamos que “Maria não tem cultura”, e que “João é culto”, estamos nos referindo a certo estado educacionaldessas pessoas querendo indicar com isso sua capacidade de compreender ou organizar certos dados e situações. Cultura aqui é o equivalente a volume de leituras, a controle de informações, a títulos universitários e chega até mesmo a ser confundida com inteligência, com habilidade para realizar certas operações mentais e lógicas (que definem de fato a inteligência), fosse algo a ser medido ouarbitrado pelo número de livros que uma pessoa leu, as línguas que pode falar, ou os quadros e pintores que pode , de memória, enumerar. Como uma espécie de prova desta associação, temos o velho ditado informando sabiamente que “cultura não traz discernimento”... ou inteligência, conforme estou discutindo aqui. Neste sentido, cultura é uma palavra usada para classificar as pessoas e, às vezes, grupossociais, servindo como uma arma discriminatória contra algum sexo, idade (“as gerações mais novas são incultas”); etnia (“os pretos não tem cultura”) ou mesmo sociedades inteiras, quando se diz que os franceses são cultos e civilizados em oposição aos americanos que são “ignorantes e grosseiros”. Do mesmo modo é comum ouvir-se referências à humanidade, cujos valores seguem tradições diferentes edesconhecidas, com a dos índios, como sendo sociedades que estão na “Idade da Pedra” e se encontram em “estágio cultural muito atrasado!”. A palavra cultura enquanto categoria do senso comum, ocupa como vemos um importante lugar no nosso acervo conceitual, ficando lado a lado de outras, cujo uso da vida cotidiana é também muito comum.
Estou me lembrando da palavra “personalidade” que, talcomo ocorre com a palavra “cultura”, penetra o nosso vocabulário com dois sentidos bem diferenciados. No campo da Psicologia, personalidade define o conjunto de traços que caracterizam todos os seres humanos. É aquilo que singulariza todos e cada um de nós como uma pessoa diferente, com interesses, capacidades e emoções particulares. Mas na vida diária, personalidade é usada como um marco para algodesejável de uma pessoa. Assim, certas pessoas teriam “personalidade”, outras não?! É comum dizer que “João tem personalidade” quando de fato, se quer indicar que “João tem magnetismo”, sendo uma pessoa “com presença”. Do mesmo modo, dizer que “João não tem personalidade”, quer apenas dizer que ele não é uma pessoa atraente ou inteligente.
Mas no fundo, todos temos personalidade, embora nemtodos possamos ser pessoas belas ou magnetizadoras como uma artista da novela das oito! Mesmo uma pessoa “sem personalidade” tem, paradoxalmente “personalidade na medida em que ocupa um espaço social e físico e tem desejos e necessidades. Podes ser uma pessoa sumamente apagada, mas ser assim é precisamente o traço marcante da sua personalidade.
No caso do conceito de cultura ocorre o...
tracking img