Vasco da gama

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (259 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Cristiano Ronaldo só lembrou suas grandes atuações pelo Real Madrid nos acréscimos. Apesar do belo gol de falta, o craque gajo não fez a diferença para umapático time de Portugal nesta terça-feira. Muito superior no Parken Stadium, em Copenhague, a Dinamarca venceu merecidamente por 2 a 1, pela última rodada do GrupoH das eliminatórias, e carimbou o seu passaporte para a principal competição do continente, e seleção de Portugal deixou o primeiro tempo no Parken Stadium sempoder lamentar. A vitória parcial dos donos da casa somente por 1 a 0 saiu barato para um time apático, que viu sua principal estrela fazer muito pouco. Bemmarcado, Cristiano Ronaldo e outros tantos assistiram à Dinamarca.
O gol saiu logo aos 12 minutos, mas poderia ter vindo aos seis caso o juiz italiano NicolaRizzoli não tivesse anulado gol legal ao seis. Eriksen cobrou falta na grande área, Rommedahl desviou e complicou a vida de Patrício, que não conseguiu segurar. Osdinamarqueses pressionaram e empurraram para dentro.
O que valeu foi um tanto mais simples. Krohn-Dehli recebeu na ponta-esquerda, fintou João Pereira e chutoucruzado. A bola desviou na cabeça de Rolando e entrou no cantinho esquerdo, com direito a toque na trave.
A melhor oportunidade dos visitantes veio já no fim,aos 42 minutos. Carlos Martins cobrou falta rápida para João Pereira, que cruzou rasteiro. Sorensen cortou e Nani não conseguiu aproveitar o rebote. Era,definitivamente, uma das piores apresentações dos lusos desde quem junho de 2012, na Polônia e Ucrânia. Os lusos terão mesmo de se contentar com a repescagem.
tracking img