Vari

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2030 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ULBRA - UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL
PÓLO DE POMPÉU/MG

GRADUAÇÃO EM PEDAGOGIA

SEBASTIANA BERNARDA DO BONFIM SILVA

PROJETO

POMPÉU/MG
09/2011

ULBRA - UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL
PÓLO DE POMPÉU/MG

SEBASTIANA BERNARDA DO BONFIM SILVA

PROJETO

Trabalho apresentando o Projeto para
a disciplina: Estágio Curricular Na
Área de Gestão Educacional, do curso
de Pedagogiada ULBRA Universidade Luterana do Brasil,
como requisito parcial para obtenção
de nota.

Professora: Lisandra Machado

POMPÉU/MG
09/2011

CARACTERIZAÇÃO DA REALIDADE DA INSTITUIÇÃO

A instituição escolhida como campo de pesquisa, denomina-se Escola
Municipal “Antônio da Palmira”, situada à Rua Santa Rita de Cássia, nº 261, Bairro
Trevo, cidade de Pompéu – Minas Gerais.
A estruturafísica da escola é composta por nove salas de aulas, a secretaria
com um banheiro a biblioteca, uma sala de computadores, sala de reforços, salas dos
professores com um banheiro, o refeitório, a cozinha a dispensa, corredores cobertos
,banheiros dos alunos e um banheiro para portadores de deficiências.
A concepção pedagógica adotada pela escola é a construtivista.
O Projeto Político -Pedagógico da Escola Municipal “Antônio da Palmira
“numa perspectiva de escola- critica, criativa e de qualidade é um instrumento teóricometodológico que visa ajudar a enfrentar os desafios do cotidianos da escola de uma
forma sistematizada, consciente, cientifica e participativa, buscando traçar caminhos
que possibilitem reinventar a escola resinificando suas finalidades e objetivos.
(PROJETO POLITICOPEDAGÓGICO. 2011 - P.6).

HISTÓRICO

Foi criada em 10 de junho de 1965, pelo decreto 8353 registro n°6283,
folhas 247/24/, L°6283, folhas 247/24/, L°-G em 06 de abril de 1965, como Escola
Estadual Antônio da Palmira.
A escritura pública de doação data-se de 05 de abril de 1965. Foi
inaugurada em 16 de agosto de 1966.
A referida escola foi municipaliza pela Resolução n°8124/97 de05/12/1997,
oferecendo os anos iniciais do ensino fundamental com Escola Municipal “Antônio da
Palmira”.

A Escola “Municipal Antônio da Palmira” recebeu este nome em
reconhecida homenagem do poder público ao Senhor Antônio Maria de Lacerda, o
“Antônio da Palmira”, pelos serviços prestados á coletividade, quer como juiz de paz ou
como condutor local de uma ficção

política na defesa dos ideais eprincípios

democráticos, e ainda, como chefe de família exemplar.
Antônio Maria de Lacerda nasceu no distrito de Pompéu MG, hoje
cidade e comarca do mesmo nome, no dia 15 de setembro de 1898, na fazenda
denominada “Palmira”, razão do seu apelido. Era filho de Cherubino Corrêa de Lacerda
e de dona Eufrasina Antônia de Lacerda.
Casou-se em primeiras núpcias com dona Antônia de Lacerda eSilva com
quem teve um único filho, José Maria de Lacerda. E em segundas núpcias com dona
Aurora Genoveva dos Santos que, posteriormente, adotou o nome de Aurora Lacerda
Santos. Deste enlace nasceram os seguintes filho: Antônia Maria de Lacerda, Cherubino
Corrêa de Lacerda, Joaquim Corrêa de Lacerda, Olivério Corrêa de Lacerda, Anicésio
Corrêa de Lacerda, Antônio Maria de Lacerda Filho, AuroraMaria de Lacerda e Hélio
Corrêa de Lacerda.
Antônio da Palmira faleceu no dia 10 de junho de 1954, em sua fazenda
Cachoeira do Cigano, deste município, sendo sepultado no cemitério local.
A Escola “Antônio da Palmira” teve como primeira diretora a professora
Maria das Graças Santos Guimarães que, com dedicação e dinamismo dirigiu esta
escola ate aposentar-se. Quando foi municipalizada, assumiua direção desta escola a
competente professora Maria Salomé de Carvalho Álvares. Em 2001, a direção desta
escola passou a ser exercida pelas educadoras Nielza Cordeiro Valadares e Ângela
Márcia Cordeiro Assunsão assumem a direção desta escola, em julho de 2004 Zélia
Fernandes de Oliveira Carvalho passa a exercer a direção. Conquanto no dia 25 de maio
de 2005, a direção da escola passou a...
tracking img