Vanguarda europeia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1396 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Christian Fernando Blanco nº08 – 3ºDM
Surrealismo
Surgido de um grupo de poetas liderados por André Bretón, na França, o surrealismo vem-se tornar um belo movimento artístico que defendia a volta a um primitivismo infantil. É um movimento que pretendia manifestar espontaneidade de ordem racional ou moral… Este se apoiava contra o impulso confuso de destruição imposto pelos dadaístas, pretendeutambém definir uma prática artística alternativa à tradicional. Este movimento pretendia também que os artistas mostrassem o pensamento de maneira livre, espontânea e irracional.
É levado além da realidade (fantasia; sonho…). Mas mesmo parecendo um movimento um bocado fora do normal tem sempre uma base filosófica e moral.
Este movimento pretendeu mostrar algo de novo, pois nesta altura aspessoas começavam-se a aborrecer com as pinturas, que apresentavam sempre a mesma base de desenho.
Este movimento possui algumas características obrigatórias para um quadro poder pertencer a tal movimento, tais características são:
* Pintura com elementos surreais;
* Formas baseadas na fantasia (sonhos, inconsciente);
* Busca da perfeição do desenho e das cores, dentro da dimensão doimaginário
* Impressão espacial, possuindo ilusões ópticas;
* Dissociação entre imagens e legendas, conjugadas para construção de cenas de sonho ou de ironia.
Principais artistas: Salvador Dalí, Ives Tanguy, Vladimir Kush, Max Ernst, Juan Miró, René Magritte, Paul Delvaux e André Masson.

Sunrise by the Ocean, Vladimir Kush, 1965

Cubismo
Historicamente o Cubismo originou-se na obra deCézanne, pois para ele a pintura deveria tratar as formas da natureza como se fossem cones, esferas e cilindros. Para Cézanne, a pintura não podia desvincular-se da natureza, tampouco copiava a natureza; de fato, a transformava. Em suas telas, a árvore da paisagem ou a fruta da natureza morte não eram a árvore e a fruta que conhecemos – eram pintura. Preservavam-se as referências exteriores que asidentificavam como árvore ou fruta, adquiriam outra substância: eram seres do mundo pictórico e não do mundo natural. Por isso, é correto dizer que Cézanne pintava numa zona limite, na fronteira da natureza e da arte.
Entretanto, os cubistas foram mais longe do que Cézanne. Passaram a representar os objetos com todas as suas partes num mesmo plano. É como se eles estivessem abertos e apresentassemtodos os seus lados no plano frontal em relação ao espectador. Essa atitude de decompor os objetos não tinha nenhum compromisso com a aparência real das coisas.
O pintor cubista tenta representar os objetos em três dimensões, numa superfície plana, sob formas geométricas, com o predomínio de linhas retas. Não representa, mas sugere a estrutura dos corpos ou objetos.
O cubismo se divide em duasfases:
Cubismo Analítico - (1909) caracterizado pela desestruturação da obra em todos os seus elementos. Decompondo a obra em partes, o artista registra todos os seus elementos em planos sucessivos e superpostos, procurando a visão total da figura, examinado-a em todos os ângulos no mesmo instante, através da fragmentação. Cubismo Sintético - (1911) reagindo à excessiva fragmentação dos objetos eà destruição de sua estrutura. Basicamente, essa tendência procurou tornar as figuras novamente reconhecíveis. Introduz letras, palavras, números, pedaços de madeira, vidro, metal e até objetos inteiros nas pinturas.
Principais características co Cubismo:
* Geometrização das formas e volumes.
* Renúncia à perspectiva.
* Oclaro-escuro perde sua função.
* Representação do volume colorido sobre superfícies planas.
* Sensação de pintura escultórica.
* Cores austeras, do branco ao negro passando pelo cinza, por um ocre apagado ou um castanho suave.
Principais artistas: Pablo Picasso, Georges Braque, Juan Gris, Fernand Léger e Robert...
tracking img