Van e edifact

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1436 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
VAN`s
Segundo a Associação Brasileira de Automação o conceito de VAN`s (Value Added Network): São empresas que oferecem uma rede privada, confinada aos assinantes, que controlam o fluxo de informações enviadas pelos parceiros comerciais. As VAN`s gerencia caixas postais virtuais para armazenamento de documentos eletrônicos, da seguinte forma: parceiro A envia mensagem ao parceiro B, a mensagemé enviada para VAN, que deixará as informações na caixa de postal do parceiro B (destinatário), dessa forma o mesmo tem acesso as mensagens endereçadas a ele.
Segurança, o constante recebimento de notificações de entrega e recebimento de informações é grandes vantagens oferecidas por estas empresas, evitando que alguns dos parceiros envolvidos na comunicação empresarial deixem de receber qualquerinformação importante enviada a ele, reduzem a complexidade da gestão de uma rede de comunicações coorporativa.
Todos os elementos envolvidos num processo mercantil, ou seja, fornecedor, fabricante e distribuidor ligados ao sistema EDI através de uma VAN (Value Added Network), tem a vantagem de acesso direto a dados ligados a contabilidade e de estoque diariamente em tempo real e a qualquerhora.
ESTRUTURA DE UMA VAN
Atuação da VAN
* Intermediárias no tráfego de mensagens;
* Armazenamento de mensagens;
* Integridade e Segurança;
* Tradução de mensagens;
* Intervans (Interoperabilidade).

As VAN’s oferecem aos seus assinantes muito mais do que transmissão de dados, atuando também como parceiras de confiança que garantem a segurança das transmissões. Assim,se a empresa não recebe a confirmação em relação à entrega de determinado documento, a VAN tem a possibilidade de verificar onde o processo foi interrompido.

Empresas que dominam 95% do mercado de EDI-VAN: Embratel, GE (Global Exchange Services), IBM Brasil e Proceda.


"Ao utilizar processos estruturados e otimizados, as empresas compradora e fornecedora podem aplicar melhor o tempo defuncionários em ações que resultem em benefícios mútuos. O comprador e o vendedor podem aprimorar seus serviços de atendimento ao consumidor, realizar negociações consistentes e de longo prazo, e deixar as tarefas repetitivas para que os sistemas possam realizá-las com maior rapidez e precisão." (CERVO; SIMONE FERREIRA, 2009, p.11).



Aparentemente o conceito de VAN é simplório, mas seu usoé um pouco complicado, pois cada empresa possui variáveis diferenciadas em termos de: necessidades, processos, formas, sistemas operacionais, softwares, nível e sofisticação técnica, este processo e realizado para obtenção de agilidade de comunicação, redução de custos e eliminação de erros, aumentando a competitividade da organização.




UN/EDIFACT
Segundo IADEROZA, 1992 pag. 55,inicialmente o conceito de UN/EDIFACT diz que é um guia de regra padronizado em 1987, pela “UN Working Party on Facilitation of Internetional Trade Procedures” para garantia da existência de um só padrão de EDI para todas as empresas em qualquer segmento mercadológico, em qualquer país, o autor também cita que o UN/EDIFACT que quer dizer (sigla em inglês para Nações Unidas/Intercâmbio Eletrônico deDados para dministração, Comércio e Transporte), ou simplesmente EDIFACT.

Hoje esse padrão comporta cerca de 250 documentos eletrônicos que atendem os diversos segmentos do mercado e suas respectivas necessidades de negócios seja na área industrial, medica ou de vendas, IADEROZA em sua obra define ainda EDIFACT como:

“Um conjunto de princípios que facilitam o intercambio eletrônico dedados de
negócios entre industrias, exportadoras, bancos, seguradoras, ind. atacadistas
etc... IADEROZA, 1992, pag. 55”

O padrão EDIFACT oferece uma uniforme construção de mensagens que seguem padrões eletrônicos, e substitui os usuais documentos em papel por registro eletrônico, dinamizando o fluxo de informações e conseqüentemente a transações de...
tracking img