Van de graaff

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1027 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Gerador de Vander Graff
Alisson Hadlich
Fernando Fernandes de Lima
Richard Favetti





Curso de Engenharia de Produção da Faculdade Educacional de Araucária
Segundo Período – Turma E




Resumo. Este é o resumo da demonstração do funcionamento do gerador Eletrostático de Van de Graff, o gerador tem a finalidade de carregareletricamente através do atrito uma cúpula metálica a qual armazena uma grande quantidade de cargas podendo atingir altas tensões.




Palavras chave: Vander Graff, gerador, elétrons, campo elétrico.


1- Introdução

O gerador de Van de Graaff é uma máquina eletrostática que foi inventada pelo engenheiro Robert Jemison van de Graaff por volta de 1929.
A máquina foi logo utilizada em físicanuclear para produzir as tensões muito elevadas necessárias em aceleradores de partículas nucleares.

2- Procedimento Experimental


O gerador de Van de Graaf é constituído por uma esfera metálica removível, a coluna de sustentação é feita de acrílico bom material isolante, com dois suportes que sustentam uma correia de material isolante fixada a quatro roldanas sendo que a correia se movimentaatravés de um motor elétrico que possui um potenciômetro afim de controlar a velocidade do mesmo e todo o conjunto esta fixado a uma base metálica .
É um gerador básico com excitação por atrito composto por uma correia de borracha , dois roletes, uma cúpula de descarga metal de metal, um motor, duas escovas ou pentes metálicos que friccionam na correia durante o movimento da mesma e uma colunade apoio. Os materiais mais usados para coluna são o acrílico ou o PVC bons isolantes. Os roletes são de materiais diferentes, ao menos um deles isolante (como Teflon e alumínio), para que se eletrizem de forma diferente devido ao atrito de rolamento com a correia. O motor gira os roletes, que ficam eletrizados
e atraem cargas opostas para a superfície externa da correia através do atrito dasescovas. A correia transporta essas cargas entre a terra e a cúpula. A cúpula faz com que a carga elétrica, que se localiza no exterior dela, não gere campo elétrico sobre o rolete superior; Assim cargas continuem a ser extraídas da correia como se estivessem indo para terra, e tensões muito altas são facilmente alcançadas. O terminal pode atingir um potencial de vários milhões de Volts, no caso dosgrandes geradores utilizados para experiências de física atômica, ou até centenas de milhares de Volts nos pequenos geradores utilizados para demonstrações nos laboratórios de ensino.


2.4- Resultados e Discussão




Durante o experimento verificou-se a formação de um campo elétrico em torno da esfera metálica , os elétrons ficaram excitados fazendo com que a placa ficasse com uma grandequantidade de elétrons a mais como a tendência da esfera é de ficar em equilíbrio com o meio, quando foi aproximando a mão devido a pequena distancia (redução do dielétrico entre a esfera e a mão nesse caso o ar esta isolando o sistema) em dado momento essa distancia fica tão pequena que é verificado os elétrons passando da esfera metálica para a mão do professor gerando um arco luminoso dosentido da esfera metálica para a mão do professor devido a essa diferença na quantidade de cargas.
Parte 1- As tiras de papel e Lâmpada – Comportamento do Campo Elétrico

Quando colocado as tiras de papéis sobre a superfície da esfera do gerador, carregasse essas tiras as mesma cargas da esfera, já que elas vão tentar usar as tiras como uma ponte para fora da esfera.

Logo essas tiras irãosaturar de cargas, e como as cargas são iguais as da esfera, criasse uma força de repulsão. Elas são arremessadas para a direção contraria da esfera.

Com a lâmpada, notasse que quando aproximada do gerador ela começa a emitir uma pequena quantidade de luz, conforme a interação com o campo elétrico. A lâmpada serve de ponte para um possível aterramento da esfera, como os elétrons estão se...
tracking img