Valvulas parker

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 141 (35039 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Válvulas
Solenóides
Informação
de Engenharia

Páginas

Introdução.

A-2

Áreas de aplicação.

A-3

Dados necessários para a seleção
e/ou compra de uma válvula solenóide.
Tabelas e fórmulas.

A-4 / A-5
A-6 / A-7 / A-8 / A-9

Cartas de fluxo.

A-10 / A-11

Bobinas e caixas de proteção.

A-12 / A-13

Guia de Seleção.

A-14 / A-15 / A-16

A-1

Válvulas
solenóidesIntrodução

Atualmente, em qualquer processo industrial em que são manipulados fluidos, sejam líquidos,
vapores ou gases, existe uma válvula solenóide como dispositivo de automação ou de segurança.
Por esta razão, a escolha adequada de uma válvula permite economia, obter uma melhor
performance e garantir uma vida útil longa para o sistema.
Este manual tem o objetivo de auxiliar nestaescolha. O engenheiro projetista ou de manutenção
encontrará nele a informação necessária para escolher a válvula mais conveniente para seu
projeto ou para efetuar uma reposição.

Definições e alcances

A válvula solenóide é a combinação de duas unidades funcionais:
O pacote eletromagnético, constituído por um solenóide e seu correspondente núcleo móvel, e
um corpo de válvula contendo osorifícios de entrada(s), passagem(ns) e saída(s).
Sobre os orifícios de passagem atuam obturadores tipo agulha, guilhotina de metal, discos de
vedação de elastômeros ou PTFE. Em alguns modelos, o fechamento é corrediço, com anéis de
vedação.
Selecionando o modelo adequado, podem ser utilizadas com os mais diversos fluidos, sejam
corrosivos ou não, com o único requisito de estarem sempre limpos, semelementos sólidos em
suspensão e com uma viscosidade, em geral, não superior a 60 cSt, exceto em alguns modelos
específicos que superam esse valor.
Em termos gerais, a faixa de pressão é um intervalo que vai desde o vácuo até pressões máximas
que variam de 0,1 a 17 bar para a maioria dos modelos e, em um caso particular, atinge aos 100
bar. Contudo, em construções especiais esses valores sãosuperados. O intervalo de temperatura
vai de -200oC até um máximo de 180oC.

Tipos de válvulas solenóides
Vias - Posições - Condição de repouso
As válvulas solenóides são classificadas pelo número
de entradas e saídas de 2 vias, 3 vias, 4 vias ou 5 vias.
Desde o ponto de vista funcional, podem ser
monoestáveis ou biestáveis. Nas monoestáveis
desenergizadas, seu único solenóide volta parauma
posição estável. Já as biestáveis contêm duas bobinas,
uma para cada posição, e podem funcionar com pulsos
de corrente.
As válvulas de 2 vias monoestáveis que se fecham,
quando desenergizadas, são denominadas
Normalmente Fechadas. Quando, pelo contrário,

ficam abertas, são chamadas de Normalmente
Abertas.
No caso de 3 vias monoestáveis, há várias
denominações segundo a forma detrabalhar.
Normalmente Fechadas, Normalmente Abertas,
Convergentes e Divergentes. Quando podem operar
de qualquer forma, são denominadas Universais.
Caso sejam de 3, 4 ou 5 vias podem ter 2 ou 3
posições; neste último caso, com uma posição estável
e duas instáveis, com uma bobina para cada posição.
Ação direta - Servo-operada - Combinada
Pela sua forma de operar, as válvulas podem ser deação direta, servo-operadas, ou uma combinação de
ambas: as ancladas.

orificio piloto
anclagem
diafragma

pistão

ServoServo -operada

A-2

pacote
eletromagnético
corpo

Anclada

Ação direta.

Válvulas
solenóides
Rearme manual

Em muitos sistemas de segurança é necessário utilizar
válvulas solenóides de reposição ou de rearme
manual. A ação automática (pela ausência oupresença de sinal elétrico) é realizada somente para
fixar uma posição, que pode ser aberta ou fechada;
não pode mudar de uma para a outra, exceto com a
intervenção de um operador, que deverá efetuar a
ação de forma manual, através de uma alavanca
ad hoc. As séries 1332 e 1369 são exemplos desses
dispositivos.

Válvulas operadas com ar, água ou outro fluido
auxiliar
Não são válvulas...
tracking img