Value estream mapping - vsm: uma ferramenta na gestão de processos de produção.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3523 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
VERIS EDUCACIONAL.

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 20 DE MAIO DE 2010.









ADMINISTRAÇÃO DE PRODUÇÃO

VALUE ESTREAM MAPPING - VSM:

UMA FERRAMENTA NA GESTÃO DE PROCESSOS DE PRODUÇÃO.







Nome: Enrico Rezende. RA: 357.000.458-93

Nome: Lídia Dias Silva RA: 221.170.608-89

Nome: Matheus M. C. Neto RA: 224.291.388-32

Nome: Omar Donizete RA:

Nome: WesleyNegreiros RA: 223.158.188-42

Curso: Administração. Semestre: 4º

Professor: Ms. Reinaldo de Almeida.

SÚMARIO





















1 INTRODUÇÃO


O trabalho consiste em analisar algumas etapas de um processo fabril e mostrar de que forma a aplicação da ferramenta VSM, cujas siglas significam “Value Stream Mapping”, contribui para a obtenção de vantagens operacionaise competitivas para as empresas, através da redução de custos e dos atrasos operacionais.

O trabalho demonstra ainda a importância do aproveitamento correto do tempo no processo produtivo e como podemos utilizá-lo de forma otimizada, sem que haja perda de qualidade em termos de produtos e serviços oferecidos, agregando assim valor ao cliente final.

As atividades foram realizadasem duas fases, sendo, a primeira na identificação dos processos produtivos atuais na forma como estão e na segunda, após análise realizada pelo grupo, em conformidade com o que foi aprendido em sala de aula, a apresentação de sugestões para melhorias na forma como estão distribuídas as atividades, tempo de execução e do fluxo de atividades no geral.


1.1 OBJETIVOS

Identificar no processoestudado a cadeia de fluxo de valor agregado e propor melhorias baseado nos conhecimentos adquiridos no curso de Administração da Produção.


1.2 ESCOPO

Dentro o processo analisado, comparar as atividades atuais e propor melhorias identificadas por meio da utilização da ferramenta VSM.


1.3 LIMITAÇÕES

Desde o recebimento da válvula do fornecedor que realiza o processo deOxinitrocarbonetação até o encaminhamento da válvula para a embalagem final.



2. SISTEMA DE PRODUÇÃO ENXUTA


Ou conhecido como sistema Toyota de produção é uma filosofia de gerenciamento que procura otimizar a organização de forma a atender as necessidades do cliente no menor prazo possível, na mais alta qualidade e ao mais baixo custo, ao mesmo tempo em que aumenta a segurança e o moral deseus colaboradores, envolvendo e integrando não só manufatura, mas todas as partes da organização.


O Sistema Toyota de Produção (Toyota Production System – TPS) tem sido, mais recentemente, referenciado como “Sistema de Produção Enxuta”. A produção “enxuta” (do original em inglês, “lean”) é, na verdade, um termo cunhado no final dos anos 80 pelos pesquisadores do IMVP (InternationalMotor Vehicle Program), um programa de pesquisas ligado ao MIT, para definir um sistema de produção muito mais eficiente, flexível, ágil e inovador do que a produção em massa; um sistema habilitado a enfrentar melhor um mercado em constante mudança. Na verdade, produção enxuta é um termo genérico para definir o Sistema Toyota de Produção (TPS).

2.1 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DO SISTEMA TOYOTA DEPRODUÇÃO


Na verdade, a essência do Sistema Toyota de Produção é a perseguição e eliminação de toda e qualquer perda. É o que na Toyota se conhece como “princípio do não-custo”. Este princípio baseia-se na crença de que a tradicional equação Custo+ Lucro = Preço deve ser substituída por Preço – Custo = Lucro


Segundo a lógica tradicional, o preço era imposto ao mercado como resultadode um dado custo de fabricação somado a uma margem de lucro pretendida. Desta forma, era permitido ao fornecedor transferir ao cliente os custos adicionais decorrentes da eventual ineficiência de seus processos de produção.


Com o acirramento da concorrência e o surgimento de um consumidor mais exigente, o preço passa a ser determinado pelo mercado. Sendo assim, a única forma de...
tracking img