Valuation gol

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2310 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE
Centro de Ciências Sociais e Aplicadas - CCSA
Pós - Graduação
Economia Aplicada à Gestão







Finanças Corporativas - Análise de desempenho econômico-financeiro da empresa Gol Linhas Aéreas Inteligentes S.A. para os anos de 2006 a 2010.





São Paulo
2013
1. Dados e Indicadores Financeiros da Gol entre 2006 e 2011Apresentação dos dados e indicadores financeiros obtidos a partir da avaliação das Demonstrações Financeiras da Gol:

Evolução da ação entre 01 de outubro de 2006 e 31 de dezembro de 2010 conforme levantamento da Reuters. Identifica-se um processo de destruição do valor da companhia no período.

2. Anos 2006 e 2007

O setor de aviação civil do Brasil apresentou relevantes mudanças nos últimos anos,extremamente suscetível a fatores exógenos como a variação cambial, preço do petróleo e até mesmo o custo de seguros, as empresas atuantes necessitariam então manter fortes margens operacionais, como baixa alavancagem e elevada liquidez, entretanto o que se observa é um setor marcado por um histórico operacional de pouca eficiência e uma estrutura de capital deficiente dessas empresas atuantes.
Em2001 a Gol Linhas Aéreas Inteligentes S.A. (GOL) entra no mercado nacional propondo um novo conceito operacional e financeiro, com a estratégia focada tanto na captura de market share, quanto na expansão do mercado doméstico através de tarifas mais baixas somadas a facilidades no pagamento e uma estrutura de baixo custo para as vendas atraindo então novos passageiros sensíveis ao preço.
Com êxitoem sua estratégia de negócios a GOL chegou a 2006 com participação de mercado em torno de 30% ante os 4,7% do final de 2001, sendo que dificuldades financeiras da Varig S.A. (VARIG) e a extinção da Viação Aérea de São Paulo (VASP) tiveram grande contribuição para esse expressivo índice de crescimento da GOL.
No ano de 2006 a GOL enfrenta algumas dificuldades operacionais, a crise aérea interna,alimentada pela precária situação financeira da VARIG que deixou de atender rotas domésticas e internacionais, e o acidente que causou queda de um voo da companhia em setembro desse mesmo ano, evidenciavam falhas no setor que iam desde as condições dos aeroportos ao controle do tráfego aéreo.
Em abril de 2007 a GOL adquire VRG Linhas Aéreas (VRG), empresa também conhecida por “nova VARIG” numnegócio estimado em US$ 275 milhões, o que subsidiaria os resultados que a empresa viria a alcançar. Nesse ano a economia brasileira se mantém estável e o crescimento do setor aéreo nacional chegou a 11,2%, alcançando a GOL, segundo dados da própria empresa, um aumento de 30% no número de passageiros transportados no mercado doméstico, crescendo também 83,4% frente a uma redução de 6% no mercadointernacional, resultado obtido em 2007 quando comparado ao ano de 2006.
Já uma análise nos resultados contábeis mostra que apesar das receitas operacionais líquidas terem aumentado cerca de 30,64%, o lucro líquido diminuiu na ordem de 60,76%, queda em parte explicada pelo aumento das despesas financeiras em funçãoda captação de recursos, dessa forma a margem de lucro sobre as vendas que era de 0,18 (ou 18%) em 2006 passou para 0,05 em 2007 e a rentabilidade do total do ativo (ROA) de 0,22 para 0,12, mesmo com o aumento desse ativo entre 2006 e 2007.
A captação de recursos visando investimentos aumenta a participação do capital de terceiros que era da ordem de 0,30 em 2006 saltando para 0,44 em 2007,sendo que esse aumento impacta então diretamente na diminuição da garantia ao capital de terceiros que era de 2,33 em 2006 passando para 1,25 em 2007. Com isso a liquidez geral da companhia vai de 2,21 em 2006 a 1,72 em 2007, devido em sua maior parte ao aumento na captação de empréstimos e financiamentos, os investimentos também causam queda na rentabilidade do patrimônio líquido (ROE) da empresa...
tracking img