Valor presente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6436 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sumário


1. Introdução 3
2. Ajuste a Valor Presente 4
2.1. Ativo de Longo Prazo 5
2.2. Passivo de Longo Prazo 7
3. Pontos Importantes da Lei e do Pronunciamento 9
4. Referencias 25





















1. Introdução

A Contabilidade sempre teve um desafio quando se trata de evidenciar a essência das operações referindo-se à apuração dos resultados dasempresas, considerando os juros embutidos nos preços das transações a prazo em relação aos correspondentes preços a vista.


Com o advento da Lei nº 11.638 de 2007, foi introduzido expressamente na lei o desconto a valor presente para contas a receber e a pagar de longo prazo, e dependendo da materialidade, para as contas em curto prazo.


Até 2007, um dos maiores problemas na apuraçãodos resultados das empresas, era demonstrar os juros embutidos nos preços das transações a prazo, em relação aos correspondentes preços à vista, ou seja, como fazer que uma empresa dissesse o quanto ela teria a receber ou a pagar em valores a prazo. Isso era um problema, pois em um evento no qual a empresa somente vai receber daqui a 20 meses, registrava-se hoje o valor igual ao daqui a 20 meses,ou seja, não era demonstrada de forma real a contabilidade da empresa.


Assim, o AVP traz a valor presente o valor de uma transação que vai se resolver no futuro, com o objetivo de uniformizar a apresentação das demonstrações contábeis fazendo com que o patrimônio da entidade seja apresentado na forma mais próxima possível da realidade.










2. Ajuste a Valor PresenteA determinação da apuração do Ajuste a Valor Presente envolve elementos do ativo e passivo de longo prazo. Todos os elementos integrantes do ativo realizável e do passivo exigível devem ser ajustados ao seu valor presente, mediante descontos que considerem os juros embutidos pré-fixados. Os demais ativos e passivos de curto prazo somente deverão ser ajustados ao seu valor presente caso esseajuste tenha efeito relevante nas demonstrações contábeis.


Redação dada pela Lei nº 11.638, de 2007:


Art. 183, VIII - os elementos do ativo decorrentes de operações de longo prazo serão ajustados a valor presente, sendo os demais ajustados quando houver efeito relevante.
Art. 184, III - as obrigações, encargos e riscos classificados no passivo exigível a longo prazo serãoajustados ao seu valor presente, sendo os demais ajustados quando houver efeito relevante.


O Ajuste a Valor Presente não é o mesmo que fair value, não é o valor justo de um patrimônio. Segundo o CPC 12, o AVP tem como objetivo efetuar o ajuste para demonstrar o valor presente de um fluxo de caixa futuro e o valor justo é o valor pelo qual um ativo pode ser negociado, ou um passivo liquidado,entre partes interessadas.


Com o Ajuste a Valor Presente, espera-se que os juros embutidos nos valores das operações a prazo não provoquem distorções nas demonstrações contábeis, pois as empresas deixavam de reconhecer despesas e receitas financeiras incluídas nas operações, apurando resultados distorcidos.





2.1. Ativo de Longo Prazo



A Lei 11.638/07 trouxe algumasinovações para a Lei 6.404/76 (Lei das Sociedades por Ações). Uma delas obriga ao ajuste de elementos do Ativo decorrentes de operações de longo prazo a valor presente.


Os elementos do Ativo de curto prazo deverão ser ajustados a valor presente quando houver algum efeito relevante de acordo com a administração da empresa. Tal procedimento visa a excluir possíveis juros embutidos nos preçosde operações a prazo, que venham a distorcer os resultados apresentados.


Visa, também, a homogeneizar as operações e possibilitar a comparação de demonstrações, independentemente de as empresas operarem à vista ou a prazo. Todos os elementos do Ativo, decorrentes de operações realizadas a longo prazo, devem ter seus valores ajustados a valor presente, mediante descontos que considerem os...
tracking img