Vale

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2015 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO PAULA SOUZA - ETEC DE ITAQUERA
Técnico em Admnistração
1°A - Tarde


Tecnologia Verde:
Vale


Sumário

1.Introdução
2.História da Vale
3.Gestão Ambiental
3.1.Recursos Hídricos
3.2.Recursos Energéticos
3.3.Gestão de Resíduos
3.4.Combate à Poluição
3.5.Gestão deProdutos Químicos
3.6.Educação Ambiental
4.Institutos Tecnologicos Vale
4.1.O que é?
4.2.Eixos de Atuação:
4.3.Localização:
5.Vale Florestar
6.Footprint Vale
7.Conclusão
8.Referências Bibliograficas



1.Introdução

Vale é uma empresa brasileira privada decapital aberto e uma das maiores mineradoras do mundo. É a maior produtora de minério de ferro do mundo e a segunda maior de níquel.
A Vale destaca-se ainda na produção de manganês, cobre, cobalto, pelotas, ferroligas e alguns fertilizantes, como os fosfatados (TSP e DCP) e nitrogenados (ureia e amônia).


2.História da Vale

A história da Vale do Rio Doce está intimamente ligada à construção daEstrada de Ferro Vitória-Minas, durante a qual os engenheiros ingleses envolvidos em seu projeto tomaram conhecimento da existência de uma grande reserva de minério de ferro naquela região.
Vários grupos de investidores internacionais adquiriram extensas glebas de terra próximas a Itabira e, em 1909 se reuniram fundando o Brazilian Hematite Syndicate, um sindicato que visava explorá-las.
Em1911 o empresário estadunidense Percival Farquhar adquiriu todas as ações do Brazilian Hematite Syndicate e mudou seu nome para Itabira Iron Ore Company.
Percival Farquhar fez planos para que a Itabira Iron Ore Co. exportasse 10 milhões de toneladas/ano de minério de ferro para os Estados Unidos, utilizando navios pertencentes a seu sindicato que, no retorno, trariam dos EUA carvão ao Brasil,tornando assim o frete mais econômico. Esse plano antecipava em mais de 40 anos um conceito revolucionário que, afinal, modificado e atualizado, viria a se tornar realidade, sob a direção de Eliezer Batista, na década de 1960, quando da inauguração do Porto de Tubarão.
Esse plano foi inviabilizado quando Getúlio Vargas assumiu o poder, à frente da revolução de 1930, e encampou as reservas de ferro quepertenciam a Farquhar, criando com elas, em 1942, a Companhia Vale do Rio Doce S. A., como uma empresa estatal, para o que obteve o beneplácito dos Estados Unidos e da Inglaterra num tratado chamado de Acordos de Washington.
Após sua fundação, a Vale conseguiu ir, pouco a pouco, expandindo sua produção de minério de ferro, mas de forma ainda muito lenta.
O Brasil tinha grandes reservas domineral, mas a demanda era reduzida. A Vale vivia praticamente só para fornecer matéria prima para as siderúrgicas nacionais, sendo a maior delas, então, a Companhia Siderúrgica Nacional.
No final dos anos 50, a Vale era uma empresa acanhada que extraia cerca de 3 a 4 milhões de toneladas/ano, menos da metade do que planejara Farquhar em 1920. Isso representava um faturamento pequeno, dado o baixovalor econômico do mineral bruto.
Em 1961 entra em cena seu novo presidente, Eliezer Batista, "o engenheiro ferroviário que ligou a Vale ao resto do mundo". Percebendo a necessidade dos japoneses de expandir seu parque siderúrgico, grandemente danificado na segunda guerra, criou o conceito de distância econômica, o que permitiu à Vale entregar minério de ferro ao Japão a preços competitivos com o dasminas da Austrália, através do Porto de Tubarão.
Foram assinados, em 1962, contratos de exportação, válidos por 15 anos, com 11 siderúrgicas japonesas, num total de 5 milhões de toneladas/ano - quase que dobrando a produção da Vale.
Em 1962 a Vale produziu cerca de 8 milhões de toneladas de minério de ferro.
Com a criação da Docenave, em 1962, e com a inauguração do Porto de Tubarão, em...
tracking img