Utopia moreana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (305 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho

De

Filosofia

Nome: Juliana Ramos
Turma: 2° ano
Data: 20/08/2012

A Utopia Moreana
A Utopia é um termo que nomeia afelicidade ainda não concretizada pelo homem em nenhum lugar. Mas isso não significa que seja absurda ou impossível. É a expressão da esperança. A esperança é o motivo da vida, aqual pode renovar-se e ser criada incessantemente.
Sonho ou contestação da realidade?
Para Tomás Morus o desejo da felicidade pode qualificar qualquer um no prazer e naliberdade. Para Freud. Os sonhos realizam um desejo.
Em Freud, a realidade do sonho está no interior da nossa mente, em Morus a realidade é sempre exterior a mente, mesmoque elabore o conteúdo da vida vivida e não depende da ação da mente humana.
Em Freud, o trabalho onírico é que é o responsável pelo sonho, incluindo a latência e o relatoconsciente dele. Para ele o prazer é relacionado ao processo de diminuição de tensões. Em Morus o prazer constitui o princípio moral, que regula a ação e equilibra o modode agir externo. Para ele o desejo não é só impulso, ou o querer do que não se tem, mas sim o motivador da ação para realizar a felicidade.
Freud acredita que a imaginaçãoé fértil, mas que o sonho não vai além do vivido, Morus acredita que a imaginação é criadora, que sonhamos o que queremos que aconteça ou que nos faz feliz. Em Freud, osonho é produto do desejo reprimido. Em Morus, o trabalho da criadora, a utopia, é resultado do desejo que não se satisfaz com o que a realidade oferece.
Assim, percebemos queo sonho, de acordo com Freud, a utopia, segundo Morus, são diferentes, e quando alguém falar que utopia é um sonho, precisamos saber de que tipo de sonho estamos falando.
tracking img