USOS DIDATICOS DE DOCUMENTOS

USOS DIDATICOS DE DOCUMENTOS

O referente texto agregar a coleção Ensino de História. Fundamentos e Métodos. Abrange uma abordagem sobre os usos didáticos de documentos como uso integrante do ensino em sala de aula. Fazendo com que os matérias didáticos se tornem mais atrativos e estimulantes para os alunos, assim proporcionando uma reflexão e analises sobre o atual momento da disciplina. Aautora proporciona ao leitor o conhecimento de métodos e técnicas que serão aplicadas em sala de aula, recorrendo ao uso de documentos nas aulas de História, levando o aluno a iniciar um próprio conhecimento histórico, desenvolvendo uma autonomia intelectual capaz de propiciar análises e criticas da sociedade, portanto o aluno se torna uma espécie de historiador‟.
Circe Bittencourt descreve variasconcepções de análises de documentos diferenciando o uso das fontes históricas no processo de aprendizagem, onde mostra que os documentos são importantes e que apresenta outra finalidade que não pode ser confundida com a situação de ensino de História, afirmando que os documentos são fonte principal de seu oficio, ou seja, matéria-prima de quem escrevem a história. Henri Monior resume que:
“Osaber histórico é o produto de fontes, todos elas vindas do passado,... Nada é uma fonte por sua própria natureza e é o problema colocado pelo historiador que, identificando um traço que fornece uma resposta, transforma assim um documento em uma fonte histórica”. (1993, p. 26) – (Usos didáticos de documentos, p. 328).
Recorrer ao uso de documentos nas aulas de História pode ser importante, porfavorecer a introdução do aluno no pensamento histórico, e a iniciação aos próprios métodos de trabalho do historiador. Os jovens não dominam o contexto histórico em que o documento foi produzido, o que exige sempre a atenção ao momento propício de introduzi-lo como material didático e à escolha dos tipos adequados ao nível e às condições de escolarização dos alunos. A autora deixa claro que oprofessor deve traçar os objetivos do trabalho em ação na sala de aula, exigindo atenção maior na escolha dos tipos de fontes de escolha ao debate. O professor é o motivador do aluno, motivando nos obstáculos enfrentados na leitura do texto que não forneçam informações claras, raizando uma sensibilidade no aluno no entender do documento do registro do passado. É importante que ao escolher o documento oprofessor terá que saber como é utilizado na investigação, analisando as situações de estudos históricos do documento.
Em cada documento há uma situação pedagógica, ou seja, estratégias e praticas nas atividades sugeridas em sala de aula. Circe destaca que os Documentos escritos: jornais e literatura são mais comuns e os que tradicionalmente tem sido usados por historiadores e professores nas aulasde História. Para servir de instrumento de reforço de uma ideia expressa na aula pelo professor o livro didático é a fonte de informação bastante complementar, onde encontra um processo de reforço e ação de determinados sujeitos para introduzir um tema de estudo. Dessa forma, os objetivos e usos de documento são bastante diversos para o professor e para o historiador, assim como os problemas aque ambos fazem frente. O jornal é uma fonte de importante reflexão, pois é uma mercadoria com controle de grandes empresários capitalistas, mas o jornal tem um papel de formador da opinião publica, assim mesmo contendo censuras que nos deixa em duvida ou até mesmo dominados pela a comunicação escrita. A utilização de jornais em sala de aula mostra múltiplas possibilidades de utilização, analisandoo noticiário pela qual forma é apresentada e como estão distribuídos nas diversas partes do jornal mantendo o certo cuidado nas analises.
Os documentos escritos canônicos são documentos produzidos pelo poder institucional onde privilegia o papel do Estado, o professor pode utilizar a Certidão de Nascimento, Carteira de Trabalho, Carteira de Motorista, ou seja, documentos desse tipo ajuda no...
tracking img