Uso dos indicadores educacionais pelos supervisores de ensino

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1137 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
USO DOS INDICADORES EDUCACIONAIS PELOS SUPERVISORES DE ENSINO

O Supervisor de Ensino tem múltiplos e importantes papéis nas escolas em que atua, e um dos mais relevantes é contribuir para que a escola alcance seu principal objetivo: melhorar o aprendizado dos alunos. Sua visão difere da visão dos integrantes da escola porque ele é um agente externo que atua em outras unidades, e supostamente,tem muita experiência administrativa e pedagógica a ser partilhada/dividida com os protagonistas escolares.

Tais fatores favorecem o processo de avaliação formativa, onde a avaliação da qualidade da escola é apenas o primeiro passo. A auto-avaliação pode apontar e indicar para as escolas as fragilidades e ranços dos currículos e programas, dos procedimentos e das didáticas. Auto-avaliar tem aver com maturidade: deparar-se com o que se faz para se organizar, buscar saberes, superação, qualidade, analisar, refletir. Agir sobre os resultados de uma auto-avaliação com seriedade e foco é o que deve interessar a toda equipe escolar.

Se isso acontecer nas escolas, é possível afirmar que o supervisor de ensino poderá atuar junto à equipe escolar das instituições de ensino, coordenando aspráticas pedagógicas, bem como acompanhando o desenvolvimento do currículo. Isto é, desenvolvendo sua competência e qualificação profissional para analisar/avaliar os resultados das avaliações internas e externas em cada escola de forma mais ampla, mais eficiente. Se a expectativa deve ser a de que os supervisores contribuam para a melhoria da qualidade das escolas sob sua supervisão, então aavaliação e autoavaliação são fundamentais.

O trabalho desenvolvido pelo supervisor de ensino envolve professores, direção, alunos e pais de alunos.

Com os docentes, deve se reunir individualmente ou em grupo para troca de idéias/experiências sobre o trabalho a ser realizado em classe, efetivando o planejamento através da contemplação do currículo escolar. Deve ainda, promover momento parareflexão sobre o trabalho desenvolvido em sala de aula com o objetivo de melhorar os resultados obtidos, referentes a aprendizagem do educando.

Com a direção da escola, deve participar organizando, acompanhando e desenvolvendo todo o processo de Plano de Ação para o referido ano letivo, realizar reunião de pais, viabilizar situações de Estudo do Meio e outras que são necessárias recursos materiais,entre outras.
Com alunos, deve promover acompanhamento regular das atividades propostas, bem como das avaliações e seus resultados. Realizar encontros individuais ou em grupo para sondar idéias, opiniões, dúvidas, expectativas, angústias, etc.

Com os pais, deve construir os elos de ligação entre aluno, família e escola, através de uma relação de confiança, de diálogo, de orientação, deacompanhamento individual, visando a efetiva aprendizagem do educando.

Nesse sentido, é possível afirmar que os principais desafios a serem vencidos para que as metas sejam atendidas estejam atrelados exatamente ao desenvolvimento e efetividade dos processos/planos/ações que contribuirão para a melhoria da qualidade do ensino oferecido, de acordo com o estabelecido nos documentos curriculares eincidindo em esforços para criar condições para que os alunos desenvolvam, de fato, as competências e habilidades necessárias e compatíveis com sua série escolar.

Identificar e buscar superar as deficiências da escola é um grande desafio. Além disso, estabelecer um plano de ações, executá-lo, monitorá-lo e verificar o cumprimentos das metas são desafios igualmente complexos. Daí a importância de osupervisor de ensino partilhar sua experiência e, especialmente, consensuar junto a equipe escolar sobre a avaliação da escola e se apresentar a ela como alguém que está lá para ajudar a escola a superar suas deficiências.

Outro desafio será explicar aos diversos atores escolares que os indicadores externos e as metas estipuladas para as escolas por vezes são injustas e difíceis de serem...
tracking img