Uso de tecnologias móveis- geral e juventude

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1276 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ARTIGO


Uso de tecnologias móveis- geral e juventude


Introdução

Pode- se dizer que a era moderna foi um período relativo que possibilitou a estabilidade entre dois momentos de muitas transformações e turbulências. Como é de conhecimento de muitos, sua origem nasce de um período de marcantes mudanças na estrutura e no funcionamento social, mudanças geradas por uma revoluçãotecnológica gritantemente marcada pela Revolução Industrial, afirmam Castells (2000), um dos maiores analistas dos impactos revolucionários da Internet e Nisbet, (1966).
Seus estágios mais recentes estão sendo marcadas por outras inovações tecnológicas revolucionárias, as chamadas tecnologias da informação e telecomunicação, que novamente vem transformando a sociedade, com inovações e criações tecnológicasinteligentes.
Segundo Castells (2000), as tecnologias da informação e telecomunicação que vem causando mais impacto são a Internet e a telefonia celular.
A comunicação, desde os primórdios, é um instrumento de integração, troca mútua e desenvolvimento entre as pessoas em quaisquer atividades realizadas, sejam com fins econômicos, pessoais e até mesmo educativos.
Entretanto, essas mudanças vêmcausando grandes impactos sociais e psicológicos nos seres humanos, em especial aos jovens.
No entanto no Brasil não há tantas pesquisas voltadas aos impactos psicológicos e sociais causados pelo uso da telefonia celular.

1.1 O surgimento da telefonia

O telefone foi um dos principais meios de expansão da comunicação e desenvolvimento de muitos países. Criado no ano de 1860, o telefone agoraganha outras funções e finalidades, ele agora não é somente um aparelho fixo como antigamente, cujo, somente a elite tinha acesso, ele agora é um objeto comum em todas as camadas populares, cujo, popularizou-se devido ao grande avanço tecnológico.
Uma derivação do telefone, o celular, criado no ano de 1947 pelo laboratório Bell, nos Estados Unidos, se tornou um objeto acessível com diversosmodelos e preços, possibilitando a utilização de todos.
A principal característica da telefonia celular é sem dúvida a sua capacidade de conectar instantaneamente, diferentes espaços físicos independentemente da mobilidade dos interlocutores e/ou da distância que os separa.
Entretanto, essa capacidade carrega consigo importantes consequências para a vida pessoal e social de seus usuários. Segundopesquisas realizadas na Noruega e na Finlândia, destacam que com o uso de sistemas de comunicação móveis, não mais necessitamos marcar encontros em determinados lugares e horários, os encontros tornaram-se flexíveis ao fluxo do nosso cotidiano.
No entanto, essa mesma flexibilidade dos encontros e compromisso parece acontecer em muitos outros lugares do mundo, como por exemplo, no Japão, Brasil, aCoréia e a Itália.
Segundo Castells (2000), o conjunto das tecnologias da informação e telecomunicação gerou um novo tipo de organização social, uma sociedade em rede. Em um mundo como esse, em que tudo potencialmente se conecta a tudo e todos a todos.
O uso de celulares vem sendo cada vez mais utilizado precocemente por jovens e até mesmo crianças. Entretanto, o uso dessa tecnologia, segundoalgumas pesquisa está gerando impactos psicológicos.
Os impactos psicológicos são relacionados ao controle de privacidade e autonomia, uma vez que os pais acabam vendo essa ferramenta como um meio de controlar seus filhos, e está atrelado também ao uso excessivo de celulares pelos jovens.


1.2 Impactos sociais e psicológicos

Nos textos existentes sobre as tecnologias da informação, e asinovações tecnológicas, como por exemplo, o computador e a internet, ao se introduzirem em novas vidas geram grandes transformações psicológicas.
Com relação às tecnologias móveis, em especial a telefônica celular pouco se sabe sobre os impactos psicológicos causados, entretanto, nos últimos anos já se encontra pesquisas na área, pouca, mas já se encontra.
Ana Maria Nicolaci da Costa¹ realizou...
tracking img