Usabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1307 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Popularização da internet impulsiona o crescimento do e-commerce no Brasil


[1]Rafael Andrade Ferreira


No mundo onde as coisas andam ocorrendo bastante rapidamente, e com isso as pessoas vivem sem ter muito tempo para visitar lojas, supermercado e shopping, a internet se tornou uma ferramenta bastante importante, pois possibilita que os usuários executem compras e vendas de produtos semprecisar sair da comodidade de suas residências. Empresas pelo mundo vislumbrando a necessidade das pessoas criaram um tipo de negócio na internet onde podemos realizar compras e venda de produtos de onde estivermos, essa modalidade dar-se o nome de comércio eletrônico ou e-commerce.
O comércio eletrônico surgiu em 1995, quando o site Netscape.com, utilizou a internet como um novo tipo de mídiapara publicidade e efetuar vendas. Como toda inovação comercial, o comércio eletrônico no ano de 2001 começou a despencar, com isso várias empresas faliram, entretanto empresas como Amazon.com, eBay e Google, entre outras, tiveram recorde em lucratividade. Segundo dados do e-bit, no mesmo ano o setor já faturava R$ 0,5 bilhão. Nos Estados Unidos entre 2004 e 2005 houve um aumento de 170 milhõespara 175 milhões de pessoas acessando a internet. Em 2005 as venda do comércio eletrônico voltaram a crescer, tendo aumento de mais de 25%. Nessa mesma época foi o início da popularização da internet no Brasil, época que as redes sociais como o orkut e o mensseger chegava ao país, iniciando um ciclo que dura até hoje, onde pessoas utilizam menos serviços físicos, como ir ao banco pagar contas,comprar em lojas e utilizar mais os serviços da internet. Em 2007 no Brasil o setor já faturava R$ 6,3 bilhões, um aumento de mais de 40%, com relação ao ano de 2006, informações foram divulgadas pelo estudo exclusivo da 17ª edição do Relatório "WebShoppers" realizado pela e-bit.
Campano(2009. p.5) define comercio eletrônico ou e-commerce como uma forma de se realizar negócios entre empresa econsumidor(B2C) e entre empresas(B2B), usando a internet como plataforma de troca de informações, encomenda e realização de transações financeiras. Já para Laudon(2007), E-Commerce são as transações comerciais realizadas digitalmente entre organizações e indivíduos ou entre duas ou mais organizações.
O comércio eletrônico compreende como uma série de ações voltadas para as negociações on-line e se divideem três fases ou etapas. A primeira etapa, que ocorreu entre 1994 e 1997, este dizia respeito apenas à presença, onde todas as empresas tinham que ter um site na Web. A segunda etapa, que durou de 1997 a 2000, iniciou-se as transações de compra e venda de produtos e serviços, onde se prezava principalmente pelo volume de pedidos e receitas. A terceira etapa, que se iniciou em 2000 e segue nos diasatuais, tem foco em como o a Internet pode influenciar a lucratividade dos negócios
Por uma série de fatores, o e-commerce tem ganhado cada vez mais força e se fortalecido como um modelo de negócios confiável, lucrativo e capaz de oferecer muitas oportunidades, tanto para o cliente quanto para a organização, o Brasil já ultrapassou a marca de 42 milhões usuários de internet, destes, 34,1 milhõesutilizam o acesso residencial, confirmando a primeira posição do país no setor em nível mundial.
Mesmo após a crise econômica mundial, que desacelerou toda a economia do planeta, o comércio eletrônico conseguiu apresentar um crescimento de 13% no segundo semestre de 2008, em relação ao ano anterior, segundo dados da Fundação Getúlio Vargas. Estudos mostram que a tendência de crescimento doe-commerce é imensa, já que acirrada disputa por novos mercados e a utilização de inúmeras ferramentas tecnológicas estimulam o desenvolvimento desse tipo de negócio e a sua entrada em áreas nunca antes imaginadas. A população de internautas no Brasil cresceu em mais de 1000% no período pós-crise da internet, como podemos observar no quadro abaixo, e hoje já chega a 67,5 milhões. es e outras empresas...
tracking img