Usabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 29 (7127 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
USABILIDADE
E COMUNICAÇÃO NA INTERNET

1

“Não é o que considera sobre o seu site que conta, mas sim o que os utilizadores pensam dele.” Jakob Nielsen “A regra menos (ruído) é mais (informação) deveria ser praticada na Web em Portugal.”

1. O QUE É USABILIDADE?

Miguel Santinho

Simplificar, rentabilizar, optimizar, facilitar, melhorar, acelerar são verbos que gravitam em torno doconceito de usabilidade. Mais usabilidade é sinónimo de maior flexibilidade e de maior interacção. Mas afinal o que é a usabilidade? Usabilidade é uma característica daquilo que é utilizável, funcional. É tornar óbvio o óbvio, tendo em conta as necessidades do utilizador e o contexto em que este está inserido.

A usabilidade está em todo lado e existe quase

sempre um pormenor que pode seralterado para melhor, no entanto ressalve-se que mudar não é obrigatoriamente sinónimo de melhorar. Em equipa vencedora não se mexe (ou não se deve mexer muito...).

Qualquer condutor avalizado conseguirá, à partida, conduzir qualquer carro europeu, pelo menos dominando as operações mais básicas. Mas nem todas as operações se percebem numa primeira abordagem. Os controlos das luzes do limpa-vidrostraseiro, da marcha-atrás poderão ocupar lugares diferentes dependendo do modelo. Se em vez do automóvel falarmos de telemóveis, micro-ondas, fornos eléctricos, máquinas-delavar, máquinas fotográficas compreendemos que cada caso é mesmo um caso. Se o

2

“modo de usar” não é óbvio, o problema não é seu, é do design, da usabilidade. Quem é que não se sentiu já confundido com o funcionamento dastorneiras numa casa de banho pública ou com os menus de um telemóvel ou com os comandos de um televisor? Botões e informações nos devidos locais com sua hierarquia de importância; cores e diagramação intuitivas e adequadas; comportamento adequado ao público. Isto é usabilidade em acção. Quando um produto é usável, nem se pensa no conceito de usabilidade. O problema está quando o produto não seadequa ao utilizador (uma cadeira desconfortável, uma jarra mal desenhada, um pacote difícil de abrir). A usabilidade é um caminhar progressivo em direcção ao utilizador e não o contrário (user-centered design- UCD)

Na internet a usabilidade não basta, mas corresponde a uma boa parte do caminho. Por exemplo este botão loja online é tão simples quanto isto: se um internauta não encontra um produto,não o compra. Fazer com que o utilizador encontre o que procura é usabilidade em acção. Um site tem, numa perspectiva optimista, entre 10 a 15 segundos para convencer, por isso todos os elementos da página precisam de ser avaliados, pesados, medidos em termos de impacto. As páginas precisam de carregar rapidamente (este factor é um dos mais apontados como fulcrais no sucesso ou insucesso do site)e todos os elementos gráficos precisam de ser optimizados (tamanho, qualidade, interesse). Será que todas as imagens são necessárias? Será que as animações em flash se justificam sempre? Casos a pensar e a pesar.

  

é muito mais clicável do que este . Pegando no exemplo de uma

3

Uma imagem pode valer mil palavras, mas também mil interpretações diferentes1 e uns tantos clicks dedesistência. O tempo é um bem escasso e caro. Se a demora for muita, o utilizador vai procurar outro site, oferta é o que não falta na rede. As preocupações do utilizador comum prendem-se com dinheiro e tempo e estar online significa gastar impulsos telefónicos e tempo. Esteja em busca de informação ou de entretenimento as preocupações do utilizador são se o site vai demorar a abrir; se vai abrir; se obrowser vai funcionar naquele site. A par da importância da rapidez, temos o factor previsibilidade. O previsível é reconfortante, é um reconhecer de caminho. Se um texto sublinhado a azul representa para todos um link e um texto a rosa um link visitado para quê mudar? Não há razões estéticas que justifiquem por si só a alteração de esquemas mentais adquiridos, de práticas interiorizadas. Quer...
tracking img