Urubus e sabias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1056 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Urubus e sabiás
Rubem Alves
"Tudo aconteceu numa terra distante, no tempo em que os bichos falavam... Os urubus, aves por natureza becadas, mas sem grandes dotes para o canto, decidiram que, mesmo contra a natureza eles haveriam de se tornar grandes cantores. E para isto fundaram escolas e importaram professores, gargarejaram dó-ré-mifá, mandaram imprimir diplomas, e fizeram competições entresi, para ver quais deles seriam os mais importantes e teriam a permissão para mandar nos outros. Foi assim que eles organizaram concursos e se deram nomes pomposos, e o sonho de cada urubuzinho, instrutor em início de carreira, era se tornar um respeitável urubu titular, a quem todos chamam de Vossa Excelência. Tudo ia muito bem até que a doce tranquilidade da hierarquia dos urubus foi estremecida.A floresta foi invadida por bandos de pintassilgos
tagarelas, que brincavam com os canários e faziam serenatas para os sabiás... Os velhos urubus entortaram o bico, o rancor encrespou a testa , e eles convocaram pintassilgos, sabiás e canários para um inquérito.
— Onde estão os documentos dos seus concursos? E as pobres aves se olharam perplexas, porque nunca haviam imaginado que tais coisashouvessem. Não haviam passado por escolas de canto, porque o canto nascera com elas. E nunca apresentaram um diploma para provar que sabiam cantar, mas cantavam simplesmente...
— Não, assim não pode ser. Cantar sem a titulação devida é um desrespeito à ordem.
E os urubus, em uníssono, expulsaram da floresta os passarinhos que cantavam sem alvarás...

MORAL: Em terra de urubus diplomados não sehouve canto de sabiá."

1. O texto é uma fábula. Explique.

2. Explique por que os urubus são “aves por natureza becadas”.

3. A apresentação dos urubus é irônica? Comente.

4. Ser diplomado equivale a saber fazer? Baseado no texto, comente as relações entre saber e burocracia.

5. Indique o sujeito das formas verbais “decidiram”, haveriam de se tornar”, fundaram”,“importaram”, “gargarejaram”, “mandaram”, “fizeram”.

6. “E as pobres aves se olharam perplexas, porque nunca haviam imaginado que tais coisas houvessem.”

a) Qual o sujeito da locução verbal “haviam imaginado”?

b) O uso da forma verbal “houvessem” contraria os preceitos na norma culta da língua portuguesa? Explique.



7. A relação entre o sujeito e o predicado participa darede de inter-relações que é o texto. De que forma “Os urubus e sabiás” comprova isso?

Atividade: Coesão Referencial
Analisando o texto de “Os urubus e os sabiás”:
* “Tudo aconteceu numa terra distante, no tempo em que os bichos falavam...”
* A que se refere esse tudo?
R=
* O que foi que aconteceu numa terra distante, no tempo em que os bichos falavam?
R=
* “Epara isto fundaram escolas...”
* Istoo quê? De que se está falando?
R=
* Qual o sujeito dos verbos fundaram,importaram,gargarejaram,mandaram,fizeram? É o mesmo de teriam?

R=
* Fala-se em quais deles. Deles quem? E quem são os outros?
R=
* Qual é o referente de eles em (4)?
R=
* Tem-se novamente a palavra tudo: (5) “Tudo ia muito bem...”
Esta Segunda ocorrência do termo tudo tem o mesmosentido da primeira?
R=
“Se tais perguntas são facilmente respondidas, é porque os termos em questão são elementos da língua que têm por função estabelecer relações textuais: são recursos de coesão textual.”
Outro grupo de palavras que tem como função assinalar determinadas relações de sentido entre os enunciados ou partes de enunciados:
Analisando a exclusão, pode-se observar que as oraçõesdestacadas de código
(1.1) representam, claramente, a exclusão por encobrimento, pois o sujeito destas
orações (urubus) é mencionado em outros lugares no texto de modo que se consegue inferir quem eles são.
As demais orações de código (1.2) também apresentam a exclusão por encobrimento, só que o sujeito destas orações é (pobres aves), pois assim como nas orações
de código (1.1) acima,...
tracking img