Urbano rural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (264 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO


Os modos de vida urbana e rural são dois tipos de sociedade estreitamente interdependentes. Esta relação é determinada pelo duplo pressuposto daexistência dum excedente agrícola e a possibilidade de trocar esse excedente. A realização desta permuta é determinada por um conjunto de fatores em duplo sentido,nomeadamente através do uso dos transportes e do comércio. Uma parte do produto do trabalho dos camponeses converte-se em mercadorias a escoar para o mercado, dando começo àprática duma produção mercantil monetária. O campo proporciona a alimentação e os homens da cidade fornecem as ferramentas, os artigos manufaturados e a tecnologia. Se aagricultura tornou possível o nascimento da cidade e condicionou a sua evolução, por sua vez, a cidade tornou-se essencial para facilitar as trocas ou a aplicação emanutenção de inovações técnicas. As relações entre a cidade e o campo ligam o desenvolvimento do fenômeno urbano ao excedente agrícola. É evidente a impossibilidade daexistência de cidades sem agricultura.
A cidade aparece como centro de atividade duma classe artesanal organizada em corporações independentes e como centro de mercadosinternos e de trocas externas. A concentração na cidade dos ofícios e do comércio acentua a separação entre a cidade e o campo. Com o desenvolvimento das cidades, os seushabitantes começaram a distinguir-se dos do campo e a ter a sua organização própria. Desenvolvem sistemas administrativos, jurídicos e fiscais correspondentes à naturezadas suas atividades. Tomam em suas mãos a função policial e a defesa dos ataques do exterior. Adquirem um estatuto privilegiado em relação ao dos habitantes do campo.
tracking img