Unopar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 39 (9502 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]






















































































SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3
2 OBJETIVO 4
3 DESENVOLVIMENTO 5
3.1 TESTABILIDADE E VERIFICAÇÃO DO SOFTWARE 5
3.1.1 O Processo de Inspeção de Software 5
3.1.2 Verificação e Validação 13
3.1.3 Testabilidade de Software20
3.2 SISTEMA GERENCIADO DE BANCO DE DADOS 32
3.3 LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO 32
3.4 MODELO DE PROCESSO DE SOFTWARE 33
4 CONCLUSÃO 34
REFERÊNCIAS 35
INTRODUÇÃO

Caro leitor, na engenharia de software, assim como em outras disciplinas de engenharia, é necessário considerar variáveis como esforço, produtividade, tempo e custo de desenvolvimento. Essas variáveis são afetadasnegativamente quando artefatos defeituosos são produzidos, devido ao retrabalho para corrigir defeitos. Sabe-se, ainda, que o custo do retrabalho para correção de defeitos aumenta na medida em que o processo de desenvolvimento progride. Desta forma, iniciativas devem ser realizadas no sentido de encontrar e corrigir defeitos tão logo sejam introduzidos. Uma abordagem que tem se mostrado eficiente ede baixo custo para encontrar defeitos, reduzindo o retrabalho e melhorando a qualidade dos produtos é a revisão dos artefatos produzidos ao longo do processo de desenvolvimento de software.






























OBJETIVO

Em um dos maiores benefícios de se utilizar inspeções de software é a detecção de defeitos nas fases iniciais doprocesso de desenvolvimento de software, facilitando a correção destes defeitos com menor esforço e custo. Desta forma, de acordo com (JONES, 1991), o esforço com retrabalho é reduzido em média para 10% a 20% do esforço total de desenvolvimento. Esta redução no retrabalho pode implicar em melhorias significativas para a produtividade de software. De acordo com (BOEHM et al., 2000) a maior redução deesforço é gerada pela melhoria de maturidade de processos de software, arquiteturas de software e gerência de riscos é proveniente da redução do retrabalho. Resultados experimentais mostram como este benefício pode afetar as variáveis esforço, produtividade, tempo e custo.

DESENVOLVIMENTO


1 TESTABILIDADE E VERIFICAÇÃO DO SOFTWARE


1 O Processo de Inspeção de SoftwareFAGAN (1976) desenvolveu o processo tradicional de inspeção de software, uma forma detalhada de se realizar uma revisão. Neste processo, existem seis atividades principais:
Planejamento. Um usuário, desempenhando o papel de moderador da inspeção, define o contexto da inspeção (descrição da inspeção, técnica a ser utilizada na detecção de defeitos, documento a ser inspecionado, autordo documento, entre outros), seleciona os inspetores e distribui o material a ser inspecionado.
Apresentação. Os autores dos artefatos a serem inspecionados apresentam as características destes. Esta fase pode ser omitida se os inspetores possuem conhecimento sobre o projeto e os artefatos que devem ser inspecionados.
Preparação. Os inspetores estudam os artefatosindividualmente, e eventualmente fazem anotações sobre estes produzindo uma lista de discrepâncias. O fornecimento de técnicas de leitura pode facilitar a execução desta tarefa.
Reunião. Uma reunião em equipe ocorre, envolvendo o moderador, os inspetores e os autores do documento. Discrepâncias são discutidas, e classificadas como defeito ou falso positivos. A decisão final sobre aclassificação de uma discrepância sendo discutida é do moderador. A solução dos defeitos não é discutida durante a reunião, que não deve exceder duas horas, uma vez que após este tempo a concentração e a capacidade de análise dos inspetores costuma reduzir drasticamente. No caso em que uma reunião precisar de mais de duas horas, é sugerido que o trabalho de inspeção continue no próximo dia....
tracking img