Unix - comandos basicos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2495 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UniUnix: Conceitos e Comandos Básicos

Page 1 of 14

Unix: Conceitos e Comandos Básicos
Este documento é um tutorial de introdução ao Unix. É fundamentalmente prático, e deve ser acompanhado por testes e exercícios. Para não tornar o texto pesado, fugiu-se da exaustão, por isso as descrições dos comandos são sempre parcias, e devem ser completadas pela documentação on-line da plataforma emuso.

Conteúdo
Ligando e Desligando a Máquina Manipulando arquivos e diretórios Shell Scripts Variáveis de Environment Uso de Metacaracteres Uso de Expressões Regulares Manipulando processos Configurando o terminal Diretórios Principais do Sistema Atributos e Nomes de Arquivos Intercambiando Disquetes com o MS-DOS O Kernel Redirecionamento da Entrada e da Saída; Pipes Comunicação Serial eParalela Configuração do TCP/IP Serviços TCP/IP Disparo do Xwindows e das suas aplicações Procedimentos de boot e o init Referências

Ligando e Desligando a Máquina
Salvo orientação específica do hardware em uso, ligar uma máquina Unix não costuma envolver maiores detalhes do que o acionamento de um botão liga/desliga no console da máquina e uma eventual intervenção humana logo em seguida,solicitando o boot efetivo do sistema a partir de um menu de opções. O boot costuma gerar uma razoável quantidade de mensagens que aparecem no console da máquina. Normalmente elas referem-se aos diferentes estágios do reconhecimento e inicialização do hardware. É interessante conhecê-las, não obstante, salvo contingências, podem ser ignoradas até que surja o prompt ou a janela de login. O desligamento é umprocesso mais delicado. O Unix utiliza parte da memória principal como cache de disco, a fim de acelerar as operações de leitura e gravação de arquivos. Antes de se desligar a máquina, é necessário assegurar que os discos estejam sincronizados com o cache, o que é feito pelo comando sync, que deve ser precedido do encerramento de todos os processos, a fim de que não ocorra uma dessincronização emseguida. Todos esses passos são tomados pelo comando shutdown:
$ shutdown -y -g 1 -i 5 $ shutdown -h now (Solaris) (Linux)

Em sistemas baseados em PC, o shutdown por vezes é acionável através do ctrl-alt-del.

http://www.ime.usp.br/~ueda/ldoc/rb.html

20/9/2011

Unix: Conceitos e Comandos Básicos

Page 2 of 14

Manipulando arquivos e diretórios
O shell é o programa que lê e executaos comandos que você passa a digitar logo após logar no sistema, como cd ou ls. Via de regra você estará usando o Bourne shell (sh), ou o C shell (csh), ou aperfeiçoamentos desses, como o Korn shell (ksh) ou o Bourne again shell (bash). Via de regra você poderá descobrir qual deles está usando ao executar um ps ou um finger com o seu username com argumento. Obsoleta ou não, a interface de linhade comandos possui características ainda não suficientemente reproduzidas nas interfaces gráficas, como a possibilidade de uso remoto com baixa banda, e a programabilidade. No caso do Unix, há ainda a vantagem dela estar melhor estandardizada que as interfaces gráficas. Em boa parte dessas notas estaremos nos referindo à interface de linha de comandos, mas abordaremos também a interface gráfica aofinal. Vejamos alguns típicos comandos dos sistemas Unix-like:
cat [-r] arquivo1 arquivo2 ...

Concatena os vários arquivos, na ordem especificada, copiando o resultado para a saída padrão. Se não houver argumentos, copia a entrada padrão para a saída padrão.
cd diretório

Troca o diretório corrente para o diretório especificado, ou para o diretório home, se não houver argumento.
cp [-r]argumento1 argumento2 ...

Copia um ou mais arquivos, trocando seu nome ou criando a cópia num outro diretório, conforme a quantidade e o tipo dos argumentos. Se o primeiro argumento for um diretório, faz uma cópia recursiva de toda a subárvore iniciada nele, desde que a opção -r (recursive) tiver sido especificada.
chmod nnn argumento1 argumento2 ...

Troca os atributos do(s) argumento(s)...
tracking img