Unesp

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2526 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
LOGÍSTICA, CENÁRIO ATUAL E TENDÊNCIAS FUTURAS
Por: J.G.Vantine
São José dos Campos, 02 de Abril de 2009.

LOGÍSTICA

“...É PARTE INTEGRANTE DO PROCESSO DA CADEIA DE ABASTECIMENTO QUE PLANEJA, IMPLEMENTA E CONTROLA DE FORMA EFICAZ E EFICIENTE O FLUXO E ARMAZENAMENTO DE BENS, SERVIÇOS E INFORMAÇÃO RELACIONADA, DESDE O PONTO DE ORIGEM AO PONTO DE CONSUMO DE MODO A ATENDER AOSREQUISITOS DOS CLIENTES”.

(Council of Logistics Management, 1998)

EVOLUÇÃO CONCEITUAL LOGÍSTICA
LOGISTIKOS LOGISTIKOS

GRÉCIA 2000 a.C GRÉCIA 2000 a.C

LOGISTICUS (LOGER) LOGISTICUS (LOGER)
ROMA 753 a.C ROMA 753 a.C

LOGISTIQUE (LOGIS) LOGISTIQUE (LOGIS)

(EXÉRCITO FRANCÊS - SÉC. XIX)

II GUERRA MUNDIAL --LOGISTICS II GUERRA MUNDIAL LOGISTICS

RETOMADA DO CONSUMO (LOGÍSTICA)RETOMADA DO CONSUMO (LOGÍSTICA)

A EVOLUÇÃO LOGÍSTICA

Fragmentação (1960)

Integração em Desenvolvimento (1980)

Integração Total (2000)

Previsão da Demanda Compras Planejamento de Requerimentos Planejamento da Produção Estoque de Manufatura Armazenagem Manipulação de Materiais Embalagem Industrial Estoque de Produtos Acabados Planejamento da Distribuição Processamento do PedidoTransporte Serviço ao cliente

Gerência de Materiais

LOGÍSTICA

Distribuição Física

EVOLUÇÃO DA ESTRATÉGIA LOGÍSTICA

“GERENCIAMENTO DE CUSTO” Os custos logísticos eram considerados básicos e inevitáveis como parte do negócio. A estratégia era focalizada no controle de custo e as medidas focalizadas no departamento, sem a exploração da sinergia.

• ANOS 70:

“INTEGRAÇÃO INTERNA”Desregulamentação do transporte, a rápida expansão econômica e o desenvolvimento de sistemas de informação ofereceram oportunidades de “trade-offs” nas funções logísticas. O foco foi a integração funcional.

•ANOS 80:

“PIPELINE LOGISTICS MANAGEMENT” Integração de esforços ultrapassam as fronteiras da empresa para otimização do sistema de distribuição. Formação de parceria e alianças para aumentarflexibilidade, reduzir custos e tempo no sistema de distribuição. É a nova chave do sucesso: “A SATISFAÇÃO DO CLIENTE”.

• ANOS 90:

LOGÍSTICA INTEGRADA

Legenda:

1- Demanda do Mercado 2- Previsão de Vendas 3- Programação de Compras

4- Planej. da Produção 7- Produto Acabado 5- Fornec. Matéria-prima 8- Distribuição 6- Abastec. Produção

F O R N E C E D O R

MANUFATURA

7 3MARKETING

1

6 4 5

2
LOGÍSTICA

8

V A R E J O

C O N S U M I D O R
Informações Materiais

Fluxo Contínuo sem Restrições:
Tempo (Lead Time/OCT) Espaço (Estoque/Inventário) Qualidade (Serviço ao Cliente Lucratividade (Valor/Custos

ANÁLISE SITUACIONAL - MODAIS

NOVAS PREMISSAS
O VALOR DA LOGÍSTICA - CORRELACIONAL

% 10

5

TR AÇ ÃO

IN D ÚS TR IA D IS TR IB UI ÇÃ O

MAÇ ÃO

EX

TR AN SF O R

VA R

EJ O

RELAÇÃO: ESTOQUE / GIRO / M.A. / LAYOUT

(1982)

NÍVEL DE SERVIÇO RELACIONADO A ESTOQUE
“NÍVEL DE SERVIÇO” É A PERCENTAGEM DE ENCOMENDAS QUE PODEM SER SATISFEITAS PELO ESTOQUE DE UM PERÍODO ESPECÍFICO DE TEMPO
NS = 1 Nº DE ITENS EM FALTA Nº DE CICLOS DE REABASTECIMENTO

(1991)

Exemplo: Um cliente fez encomendas num período de 20 semanas,e um item faltou 2 vezes, logo: 2 NS = 1 = 0,90 ⇒ 90% 20 “NÍVEL DE SERVIÇO” É A PERCENTAGEM DE PRODUTOS ATENDIDOS, EM RELAÇÃO AO TOTAL DE ITENS SOLICITADOS.
NS = (TOTAL SOLICITADO) - (QTD.EM FALTA) (TOTAL SOLICITADO)

Exemplo: Um cliente solicitou 1.000 unidades de um SKU, e o estoque atendeu 900 unidades NS = 1000 - 900 = 0,90 ⇒ 90% (2001) 1000

DISTRIBUIÇÃO COMERCIAL Métodos e Organização LOGISTICS AND SUPPLY CHAIN MANAGEMENT Strategies for Reducing Costs and Improving Services

LOGÍSTICA E GERENCIAMENTO DACADEIA DE SUPRIMENTOS – Criando redes que agregam valor

DEMAND - DRIVEN / STOCK MGT
RULES BASED REORDER (ROP - Reorder Point): É O MÉTODO TRADICIONAL E MAIS ANTIGO PARA GERENCIAMENTO DE INVENTÁRIO ⇒ COMO TRABALHA COM MUITAS VARIÁVEIS DE DEMANDA, MÚLTIPLOS “OCT”, É...
tracking img