Uma nova didática: a didática digital

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3587 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UMA NOVA DIDÁTICA: A DIDÁTICA DIGITAL
Juliana Ricarte Ferraro
ARTIGO PUBLICADO NA REVISTA HISTORIAEHISTORIA, 2010.

Na sociedade contemporânea, o ensino à distância – EAD – surge como uma das formas mais abrangentes e universais de formação e especialização profissional, capaz de atender a todos aqueles que procuram manter-se atualizados em relação às permanentes mudanças na ordem econômicamundial. Nesta nova sociedade, tanto as mudanças sociais quanto as tecnologias de informação e comunicação vêm se desenvolvendo em ritmo acelerado , criando, juntamente com novos estilos de vida, novas formas de ver o mundo e de consumir, novas maneiras de ensinar e aprender.
Azevedo e Quelhas reforçam sobre a ampliação destas novas formas de ensino:
“O crescimento e as constantes mudanças deordem econômica e social trazem a necessidade de promover a ampliação do número de cidadãos que podem ter acesso ao conhecimento, à capacitação e atualização continuadas.
Somando-se a isso, o acelerado desenvolvimento tecnológico e científico deste mundo globalizado tem direcionado a busca de novos caminhos, novas estratégias e soluções para o ensino e aprendizagem permanente.”
Com a ondatecnológica, antes tão assustadora, passa a ser elemento ativo do processo de ensino e aprendizagem nos dias de hoje. Podemos ver esta nova assimilação da tecnologia pela educação através das novas medidas adotadas, não apenas no Ensino Superior, mas também, no Ensino Básico e Médio, pelos governos estaduais e federais.
“A análise histórica do desenvolvimento científico e tecnológico aponta que aruptura de um‘status-quo vigente é fruto da confluência simultânea de condicionantes tecnológicos, econômicos, culturais e sociais. Na década atual, parece haver as condições necessárias para que a informática e tecnologias associadas alterem o processo educacional, dados à difusão das redes de comunicação, aos avanços na tecnologia de hipertexto e à urgência econômica e social pela ampliação dasoportunidades educacionais. Um dos cenários educacionais em fase de consolidação combina o uso das redes de computadores, novas formas de organizar, apresentar e recuperar informações e a aprendizagem cooperativa apoiada em computadores.”
Atualmente, o Ensino à Distância, conhecido como EAD, tornou-se um elemento constante de formação e de atualização de conhecimentos, além de – diante dos recursosde comunicação imediata hoje disponíveis e de sua infinita capilaridade – ser capaz de atender a um número de alunos/formandos antes inimaginável. Seu formato, a transmissão e a aquisição de conhecimentos à distância, não é nenhuma grande novidade surgida no passado século XX. Desde a antiguidade, a partir do surgimento da escrita e dos primeiros registros das reflexões humanas, surge uma rede decomunicação efetiva, capaz de eliminar distâncias, transmitindo e divulgando conhecimentos e ensinamentos científicos, filosóficos e religiosos.
“A escrita inaugurou uma segunda etapa na história humana. Com ela, alteram-se as relações entre o indivíduo e a memória social. O sujeito pôde registrar em papel sua visão de mundo, sua cultura, seus sentimentos e vivências. Ao fazer este registro, alémda oportunidade de analisar o próprio conhecimento das coisas e do mundo, pôde fazê-lo chegar até os homens de outras culturas e outros tempos. O saber, que era condicionado pela subjetividade, tornou-se objetivo e passível de distanciamento; a experiência pôde ser compartilhada sem que autor e leitor, necessariamente, participassem de um mesmo contexto, sem que fosse necessário que sempreestivessem presentes no mesmo tempo e no mesmo espaço.”
Segundo Azevedo e Quelhas vários personagens importantes da teoria do conhecimento utilizaram-se da estratégia de educação por correspondência: assim o fez o filósofo grego Platão, o apóstolo Paulo e Voltaire, o escritor. Sócrates, que não havia deixado nenhum escrito, nenhum registro de seu pensamento, teve, em Platão, um veículo de...
tracking img