Uma bibliografia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 51 (12569 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PERFIL DE PHILIPPE PERRENOUD

O sociólogo suíço Philippe Perrenoud é uma referência essencial para os educadores no Brasil pelo fato de suas idéias pioneiras e vanguardistas sobre a profissionalização de professores e a avaliação de alunos serem hoje consideradas fonte única para todos pesquisadores em educação e assessores em políticas educacionais, estando na base, inclusive, dos NovosParâmetros Curriculares Nacionais e do Programa de Formação e Professores Alfabetizadores
do MEC (PROFA), estabelecidos pelo MEC.

Philippe Perrenoud é sociólogo suíço, professor na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação na Universidade de Genebra, autor de vários títulos importantes na área de formação de professores, hoje considerados leitura obrigatória para os profissionais do ensino.Perrenoud é um dos educadores mais conhecidos por suas obras e por suas idéias pioneiras sobre a avaliação em sala de aula e sobre a profissionalização do professor. Autor de "Avaliação - Da excelência à regulação das aprendizagens” e "Construir as competências desde a escola", “Pedagogia Diferenciada” e o best-seller “Dez novas competências para ensinar”. Foi depois do doutorado em Sociologia, emque estudou as desigualdades sociais e a evasão escolar, que o professor passou a se dedicar ao trabalho com alunos, às práticas pedagógicas e ao currículo dos estabelecimentos de ensino do cantão de Genebra.

O modelo educacional proposto por Perrenoud é baseado num ciclo de avaliação de três anos, ou seja, em vez de um ano, a criança tem três para desenvolver as competências estabelecidas paraaquela faixa etária. Assim, segundo o sociólogo, o aluno tem muito mais chances de não ser reprovado se não adquirir uma determinada habilidade em um ano, já que tem mais tempo para amadurecer e aprender. “Apesar disso, ter tempo não é esperar! Não podemos deixar que uma criança repita um ciclo de três anos”, afirma o professor, acrescentando que para isso é necessário um modelo de avaliação maiseficiente realmente capaz de identificar as dificuldades do aprendizado. Outro benefício de adotar este modelo de ensino é ter mais tempo para agir e corrigir. “Por isso, os professores devem ter uma formação mais sólida, além da imprescindível cooperação dos pais”, complementa.


Philippe Perrenoud, um dos principais pensadores da educação moderna, falou sobre como o sistema de ciclos deaprendizagem deveria ser utilizado — colocando em dúvida até mesmo as competências transversais — e suas impressões sobre o Brasil.
Philippe Perrenoud, de acordo com sua própria definição, não é pedagogo, mas um sociólogo interessado pela Pedagogia, cujo principal objetivo é melhorar a compreensão dos processos educativos. E é isso que esse suíço, nascido em 1944, faz com muito êxito desde o inícioda década de 1970, quando começou a pesquisar a fabricação das desigualdades e do fracasso escolar. Professor das áreas de currículo escolar, práticas pedagógicas e instituições de formação na Universidade de Genebra, onde se tornou pesquisador e teórico rigoroso, Perrenoud vem contribuindo não apenas para uma melhor compreensão do que acontece na escola, mas também para a mudança de seufuncionamento, na tentativa de torná-la cada vez menos injusta e desigual.
Seu nome é sempre lembrado em qualquer discussão séria sobre temas como a formação (de alunos e professores) para as competências, ciclos escolares e pedagogia diferenciada. No Brasil, suas idéias sempre exerceram grande influência. É referência essencial para educadores em todo o país e praticamente fonte única para pesquisadoresem educação e assessores em políticas educacionais. Seu pensamento serve de base para os novos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) e o Programa de Formação de Professores Alfabetizadores (Profa), estabelecidos pelo MEC durante o governo de Fernando Henrique Cardoso. Não é à toa que o sociólogo é um dos autores mais lidos no país. A editora Artmed é a responsável, no Brasil, pela tradução e...
tracking img