Um estudo sobre as redes sociais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2203 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
|[pic] |UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS |
| |FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS |
| |CURSO DE PSICOLOGIA|

Jéssica Aparecida Souto da Silva¹

Um estudo sobre as redes sociais ²



Introdução
No presente artigo o assunto a ser abordado será o uso das redes sociais na atualidade e como esse uso pode ser visto de diferentes perspectivas e como e quando pode ser considerado um vício. No início serão diferenciados dois conceitos: o real e o virtual, definindo adiferença entre esses dois termos. Em seguida enfocaremos como o mundo virtual é visto pela sociedade e como as pessoas agem diante disso, ressaltando que através dele os sujeitos conseguem se expressar e qual benefício esse mundo trás na vida do sujeito.
Destaca-se também que o indivíduo inserido em uma comunidade virtual ele é ao mesmo tempo ator, autor e agente de interação, ou seja, conseguecomandas suas ações diante esse contexto. A nossa sociedade atual é usuária ativa dessas redes sociais, sendo através delas que há uma exposição de suas vidas que podem ser vistas como boas ou ruins, dependendo da maneira que são vistas. Fica nesse momento a questão de qual grau é saudável essa exposição e até que ponto isso seja visto como algo benéfico na vida do sujeito.
As redes sociais em algummomento pode ser também um meio de escapatória da realidade, na qual o indivíduo cria seu próprio mundo para se proteger da sociedade, lá ele consegue expor suas opiniões, mas ao mesmo tempo está protegido em uma rede que lhe dará mais segurança. Muitas pessoas não conseguem mostrar suas próprias opiniões no mundo real, partindo então para o mundo virtual, pois consegue de alguma formasentimentos, vontades, que se fosse para serem executadas na realidade não seria possível.

Desenvolvimento
Para começar a falar sobre a virtualidade é necessário separar o real do virtual. Definir cada um é uma tarefa difícil, pois cada um possui a sua singularidade, o que pode ser real para uma determinada pessoa, pode não ser para outra.
Será que estar conectado a uma rede significa estar ativamentena realidade? Ou esse mundo virtual não nos permite fazer parte do real?
O que difere o real do virtual é o corpo, a materialidade que pode ser vista e sentida. Muitas pessoas não conseguem expressar aquilo que sente através do seu corpo, necessitando então do uso de meios que possibilitam essa expressão, sendo algumas vezes usada a virtualidade. Poder mostrar a sua essência, expor sua vidaatravés de fotos, vídeos, frases, faz com que o sujeito se sinta pertencente a um grupo na sociedade e isso é fundamental na formação do sujeito, sentir-se pertencente ao meio.
Vivemos em uma sociedade na qual o mundo virtual vem se destacando cada vez mais, a tecnologia toma forma diante as pessoas, a virtualidade é vista como uma novidade que possibilita o sujeito a criar possibilidades de estar em ummundo que não conseguiria fazer parte no real. Segundo Dias (2011), “a era digital revolucionou as formas de sociabilização”.
A sensação de realidade no mundo virtual faz com que os indivíduos percam a noção do que verdadeiramente é real, poder se expressar de maneira significativa, expor opiniões que no mundo real pode ser muitas vezes criticada, não que no mundo virtual não seja, mas narealidade a dificuldade é muito maior, pelo fato da exposição concreta com o real e a sociedade.
No mundo virtual, o indivíduo é ao mesmo tempo ator, ou seja, ele age ativamente em suas perspectivas, autor sendo ele o “dono” de todas suas opiniões e indagações perante a sociedade e agente de interação, pelo fato de agir e interagir com o mundo virtual. Pode-se dizer que esse mundo tão cheio de...
tracking img